PUBLICIDADE
Topo

São Paulo é procurado por time de Mattos para negociar Liziero e Araruna

Liziero, São Paulo, tem passaporte europeu e facilitaria negociações, mas conversa não avançou no mercado da bola - Rubens Chiri/saopaulofc.net
Liziero, São Paulo, tem passaporte europeu e facilitaria negociações, mas conversa não avançou no mercado da bola Imagem: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

16/01/2020 14h49

Resumo da notícia

  • Reading, da Inglaterra, sondou o São Paulo por negociações de Araruna e Liziero
  • Time inglês está proibido de fazer compras nesta janela e sugeriu empréstimos
  • Alexandre Mattos, ex-cartola do Palmeiras, vai gerir o futebol do Reading em 2020
  • São Paulo ainda não recebeu proposta e vê conversas estagnadas

O São Paulo tem sido procurado constantemente por times europeus que se interessam pelos garotos formados em Cotia. Um dos últimos episódios do tipo envolveu o Reading, da Inglaterra, que tem o ex-palmeirense Alexandre Mattos como um dos gestores de futebol. Os nomes procurados pelos ingleses foram os de Araruna e Liziero. As conversas estão paradas por enquanto.

No momento, o Reading está sofrendo sanções por ter excedido os limites de contratações na English Football League (EFL). Assim, não pode fazer grandes investimentos e precisa da autorização da entidade para agir no mercado da bola. A solução foi propor ao São Paulo empréstimos com obrigação de compra, mas os valores não agradaram.

No caso de Liziero, quem mais interessou ao Reading, o negócio poderia ser fechado por volta de 7 milhões de euros (quase R$ 33 milhões), só que o São Paulo não quer fechar nesse modelo de empréstimo com compra futura. Com Araruna o formato poderia ser diferente, já que seu contrato com o São Paulo tem só mais um ano de duração.

O Reading está à procura de um segundo volante e, por ser algo emergencial para o elenco, precisa que esse jogador já tenha passaporte europeu. Os dois jogadores criados em Cotia cumprem esses pré-requisitos.

Liziero convive com lesões no São Paulo, embora seja tratado como grande jogador pela diretoria e pela comissão técnica. Neste início de ano, tem treinado entre os reservas com Fernando Diniz. Já Araruna passou 2019 emprestado ao Fortaleza, que também tenta ficar com ele de vez, e também recebeu sondagens de Portugal.

São Paulo