PUBLICIDADE
Topo

Após empréstimo do São Paulo, Fortaleza analisa como manter Araruna

Bruno Grossi e Marcello de Vico

Do UOL, em São Paulo e Santos

08/01/2020 04h00

Entre as pendências do São Paulo para este início de ano está a situação de Araruna. O volante revelado em Cotia, na teoria, volta de empréstimo do Fortaleza e até tem chances de ser aproveitado por Fernando Diniz, que recebe o elenco para iniciar 2020 hoje (8). Mas o time cearense ainda tenta encontrar uma forma de mantê-lo no elenco comandado por Rogério Ceni.

Foi o ídolo são-paulino quem levou Araruna para o Leão do Pici na temporada passada. Embora reserva, disputou 21 partidas nas campanhas históricas dos títulos do Cearense e da Copa do Nordeste, além da vaga inédita na Copa Sul-Americana. Ceni gostaria de contar com o volante mais uma vez, e a diretoria do Fortaleza o considera um jogador promissor.

Para que um novo empréstimo seja feito, em um modelo que seria mais adequado à realidade financeira do Fortaleza, é provável que Araruna tenha que renovar com o São Paulo. Afinal, seu contrato termina em dezembro deste ano e o Tricolor Paulista ficaria sem direitos econômicos do atleta após o repasse aos cearenses.

Esse curto tempo de contrato que resta entre Araruna e São Paulo, então, pode ser usado pelo Fortaleza como trunfo para fazer uma compra mais barata e ter um ativo ainda jovem, de 23 anos. O time do Morumbi considera esse cenário positivo e tem mais interessados em fazê-lo por Araruna nesta janela de transferências.

São Paulo