PUBLICIDADE
Topo

Saída de Michel inicia procura por 'volante diferente' no Grêmio

Renato Gaúcho, técnico do Grêmio, vê a necessidade de ter um volante mais alto no elenco - João Vitor Rezende Borba/AGIF
Renato Gaúcho, técnico do Grêmio, vê a necessidade de ter um volante mais alto no elenco Imagem: João Vitor Rezende Borba/AGIF

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

10/01/2020 04h00

A ida do volante Michel para o Fortaleza criou um problema no elenco do Grêmio. Não há volantes com a marcação e o combate físico como principais características. Depois de contratar Lucas Silva, que já trabalha com o grupo, a direção gaúcha procura outro atleta para a função.

O presidente Romildo Bolzan Júnior admitiu, antes da confirmação da ida do jogador para o time cearense, que não havia alternativas. Antes de Michel, o clube optou por não permanecer com Rômulo.

Atualmente há volantes com a função de saída à disposição de Renato Gaúcho. Se apresentaram junto aos demais colegas: Darlan, Maicon, Lucas Silva e Thaciano. Matheus Henrique também é volante, com o início da construção como característica, mas serve à seleção brasileira que disputará o torneio Pré-Olímpico da Colômbia.

A situação fica ainda mais complicada pela ausência de Maicon no início da temporada. O capitão da equipe passará por cirurgia no joelho direito e perderá o início dos jogos.

Renato Gaúcho repetiu, ao longo da última temporada, que era necessário utilizar um jogador mais alto e de imposição física em partidas específicas nas funções defensivas do meio-campo. E agora está totalmente sem esta peça no grupo.

A direção gremista não tem pressa para ocupar as lacunas do grupo. Com a Libertadores no calendário só em março e a expectativa de começar o Estadual utilizando o time B, o Grêmio pretende dar passes firmes e sem acelerar as coisas.

Grêmio