PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Cruzeiro recorre a mecenas para pagar R$ 6,7 milhões e segurar Orejuela

Lateral direito Orejuela, em atuação pelo Cruzeiro - Vinnicius Silva/Cruzeiro
Lateral direito Orejuela, em atuação pelo Cruzeiro Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

29/12/2019 04h00

O Cruzeiro não tem dinheiro em caixa para pagar o estabelecido pelo Ajax, da Holanda, por Luis Orejuela - 1,5 milhão de euros (R$ 6,78 milhões). No entanto, já sabe o que fará para pagar o montante cobrado pelo lateral direito colombiano: recorrerá à ajuda de um investidor.

Os mineiros têm até 31 de dezembro para desembolsar o montante e contratar o colombiano em definitivo, conforme acordo de empréstimo. A princípio, o laboratório EMS bancaria o negócio. No entanto, com a saída de Zezé Perrella do departamento de futebol, a empresa recuou sobre a ajuda. A atual gestão contará com auxílio de um dos membros do conselho para contratá-lo.

Pedro Lourenço, novo gestor de futebol, é o responsável por investir o valor. Ele destinará o dinheiro ao Ajax para contratá-lo em definitivo em 2020.

Além do montante para compra, o Cruzeiro terá que arcar com os salários de Orejuela. O lateral recebe R$ 300 mil mensais e não tem a intenção de reduzir os vencimentos em um eventual acordo em definitivo.

Cruzeiro