PUBLICIDADE
Topo

Sport

Hoje no Botafogo, Diego Souza cobra mais de R$ 1 mi do Sport na Justiça

Luciano Belford/AGIF
Imagem: Luciano Belford/AGIF

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

18/12/2019 11h47

Resumo da notícia

  • Meia-atacante Diego Souza cobra mais de R$ 1 mi do Sport na Justiça
  • Valor é referente a salários atrasados, 13º, férias e FGTS
  • "Fizemos acordo, mas Sport só pagou a 1ª parcela", disse advogado

O meia Diego Souza, hoje jogador do Botafogo, entrou com uma ação na Justiça cobrando mais de R$ 1 milhão do Sport por conta de valores não pagos de sua última passagem pelo clube - entre 2016 e 2017.

O valor exato é de R$ 1.040.046,58 e, segundo o advogado de Diego Souza, Carlos Eduardo Ambiel, as cobranças são referentes a salários atrasados, 13º salário, férias, FGTS e rescisão contratual de 2018, antes de o jogador se transferir para o São Paulo.

"O Diego Souza está pedindo apenas o pagamento dos valores dos dois meses de salários atrasados [novembro e dezembro de 2017), 13º salário de 2017, férias e FGTS não depositados, que o próprio Sport reconheceu ser devido na rescisão de janeiro de 2018. Na época, o atleta aceitou receber tudo em parcelas sem juros e fizemos um acordo, mas o Sport só pagou a primeira parcela", conta o advogado do jogador em entrevista ao UOL Esporte.

"Como a cobrança iria prescrever no início de janeiro de 2020 e o Judiciário entrará em recesso, precisamos entrar com a ação para não perder esses valores. Ou seja, o atleta somente está cobrando as verbas que o próprio Sport tinha reconhecido e se comprometido a acertar, mas não pagou", completa Carlos Eduardo Ambiel.

Procurado pelo UOL Esporte, o departamento jurídico do Sport disse já ter sido informado sobre a ação.

A ação trabalhista foi impetrada no Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região e tem sua audiência inicial marcada para o dia 5 de fevereiro, na 14ª Vara do Trabalho do Recife.

Em sua segunda passagem pelo Sport, Diego Souza disputou 95 partidas, marcou 36 gols e faturou o título pernambucano de 2017.

Sport