PUBLICIDADE
Topo

Grêmio decide não renovar empréstimo, e Felipe Vizeu volta à Udinese

Divulgação/Site oficial do Grêmio
Imagem: Divulgação/Site oficial do Grêmio

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

06/12/2019 18h01

Resumo da notícia

  • Clube gaúcho decidiu não tentar novo empréstimo do atacante, que tem contrato com a Udinese
  • Felipe Vizeu chegou a falar com dirigentes italianos pensando em seguir no clube gaúcho
  • Ideia do Grêmio é que custo-benefício do jogador revelado pelo Flamengo se tornou baixo
  • Grêmio deve usar dinheiro para buscar outro jogador do setor ofensivo

Felipe Vizeu não jogará pelo Grêmio em 2020. O clube gaúcho decidiu não ir adiante nas conversas para renovar o empréstimo e já avisou ao jogador que ele voltará a Udinese. Os italianos poderão ceder o ex-atacante do Flamengo, mediante compensação. Em Porto Alegre, a decisão se baseou no plano de investir recursos em atleta de outra posição.

Aos 22 anos, Vizeu foi um dos primeiros reforços do Grêmio para a atual temporada.

Segundo apurou o UOL Esporte, o Grêmio considerou a relação custo-benefício para tomar a decisão de não negociar um novo empréstimo com a Udinese.

O clube gaúcho topou pagar 500 mil euros pelo empréstimo de Vizeu e diluiu o valor ao longo do contrato. Com isso, o investimento mensal na soma do salário e custo da cessão, foi avaliado como elevado para o rendimento do jogador.

A ideia do Grêmio é investir a fatia da folha salarial em jogador que possa atuar de forma mais regular e em diferentes funções.

Felipe Vizeu disputou 26 partidas pelo clube gaúcho e marcou cinco gols. Em julho, rompeu ligamentos do joelho e ficou fora por cerca de quatro meses. Antes disso, não conseguiu deslanchar em meio à disputa de posição com André e Diego Tardelli.

Futebol