PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras se reúne com agentes de Sampaoli e conhece pedida de argentino

Jorge Sampaoli no banco de reservas do Santos contra o Athletico - Robson Mafra/Agif
Jorge Sampaoli no banco de reservas do Santos contra o Athletico Imagem: Robson Mafra/Agif

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

05/12/2019 23h24

O Palmeiras se reuniu hoje (5) com dois representantes de Jorge Sampaoli para dar início às negociações de contratação do técnico para 2020. O encontro foi o primeiro entre as duas partes e serviu para apresentar o projeto do Alviverde e a pedida do comandante.

Segundo apurou o UOL Esporte, o argentino pediu 4,5 milhões de euros livres de impostos por ano (R$ 21 milhões na cotação atual) considerando os salários dele e de seus assistentes que gostaria de levar para São Paulo. Isso significa R$ 1,75 milhão por mês para toda a equipe do treinador.

Sampaoli ainda disse que gostaria de um contrato de dois anos. O Palmeiras ficou de discutir a pedida internamente e um novo encontro vai ser marcado para os próximos dias para enviar a contraproposta.

A reunião teve a presença de dois empresários que trabalham com o comandante, sendo que um deles veio da Itália só para trabalhar nessa negociação. Pelo lado do clube, os representantes foram o vice-presidente Alexandre Zanotta e o executivo jurídico André Sica.

O Palmeiras e o estafe de Jorge Sampaoli pretendem esconder todos os detalhes das negociações até o início da semana que vem, quando o Brasileirão já vai ter terminado. O argentino ainda quer o vice-campeonato nacional pelo Santos.

Palmeiras