PUBLICIDADE
Topo

Veron vira 2º mais jovem a marcar pelo Palmeiras: "Dia mais feliz da vida"

VEJA O 1º GOL DE GABRIEL VERON PELO PALMEIRAS

Gols UOL Esporte

Do UOL, em São Paulo

05/12/2019 21h28

O jogo entre Palmeiras e Goiás não tinha tanto efeito para a classificação do Campeonato Brasileiro, mas ficará marcado para sempre na carreira de Gabriel Veron. O jovem fez dois gols e ainda deu uma assistência na vitória por 5 a 1 de sua equipe.

Aos 17 anos, ele se tornou o segundo atleta mais jovem a marcar um gol com a camisa do Palmeiras, só atrás de Juliano, atacante que fez o seu aos 16 anos, em agosto de 1998.

"Eu vou me lembrar de hoje como um dos dias mais felizes da minha vida, por ter feito o primeiro gol como profissional, com 17 anos. E agora é continuar trabalhando e torcer para as coisas continuarem naturalmente", afirmou o atacante em entrevista ao Premiere.

O jogador deu entrevista ao lado de Edu Dracena, que fazia uma de suas partidas de despedida do futebol profissional. É provável que ele não enfrente o Cruzeiro no domingo. Veron fez questão de elogiar o zagueiro.

"O Edu está encerrando a carreira, convivi pouco com ele e mesmo assim aproveitei o excelente jogador que ele é. Ele me ensinou muito como ser atleta, como ser profissional. Ele tem muita experiência e eu estou começando. É aproveitar muito", afirmou o jovem.

Dracena lembrou que trabalhou com Gabriel Jesus, outro destaque da base palmeirense, e encheu Veron de elogios.

"Ele já mostrou todo o talento na base. Ser campeão mundial não é para qualquer um. Que ele possa dar sequência na carreira, pelo talento e trabalho que ele realiza, que ele possa dar muitos frutos para o Palmeiras. Comecei com Gabriel Jesus e agora com Gabriel Veron. Com certeza, vamos ouvir muito dele no futuro", afirmou o atleta de 38 anos.

"Vou cobrar títulos dele. Agora que sou ex-atleta, vou acompanhá-lo de perto e fico feliz de ter jogado com ele. Quero aproveitar para agradecer a todas as pessoas que me ajudaram, sem demagogia nenhuma", finalizou.

Palmeiras