Topo

Blogueiros: Frase de Perrella sobre salário de atletas ofende o trabalhador

Zezé Perrella, gestor de futebol do Cruzeiro - Bruno Haddad/Cruzeiro
Zezé Perrella, gestor de futebol do Cruzeiro Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Do UOL, em Santos (SP)

03/12/2019 12h49

Resumo da notícia

  • Perrella disse que dois meses de atraso não devem fazer falta aos jogadores
  • "Zezé Perrella é cínico e está jogando para a plateia", diz Juca Kfouri
  • "Certos jogadores e dirigentes se merecem", analisa Mauro Cezar
  • Benja: "Argumento dele é de uma insanidade sem tamanho"

No início da noite de ontem (2), antes da derrota para o Vasco, em São Januário, o gestor de futebol do Cruzeiro, Zezé Perrella, minimizou os dois meses de salários atrasados e disse ainda que a quantia não deve fazer falta aos jogadores.

"Dois meses atrasado, mas é uma realidade hoje de 70% dos clubes brasileiros. Agora, jogador de futebol hoje está ganhando tanto dinheiro que se ele ficar dois meses sem receber não é possível que vai fazer falta", disse Perrella.

Diante disso, fizemos a seguinte pergunta aos blogueiros do UOL Esporte:

- O que você achou dessa declaração: injusta com a classe, deselegante com qualquer profissional ou tem algum fundo de razão?

ANDRÉ ROCHA

Declaração bizarra que só reflete o amadorismo da gestão do Cruzeiro. Mas não surpreendente vinda de quem veio. A situação do clube não é acaso.

Leia o blog do André Rocha.

ANDREI KAMPFF

Receber em dia é um direito de todo trabalhador, independentemente de quanto ganha. A frase é infeliz, e mostra o tamanho do problema gerencial que o Cruzeiro enfrenta.

Leia o blog Lei em Campo.

BENJA

Esse argumento dele é de uma insanidade sem tamanho. Não interessa se um profissional ganha pouco ou muito, se ele trabalhou tem de receber, e em dia. O pior é ouvir isso de um senador da República...

Leia o blog do Benja.

JUCA KFOURI

Zezé Perrella é cínico e está jogando para a plateia. Há jogadores que ganham bem sim e têm o direito sagrado de receber em dia. Até para comprar helicópteros.

Leia o blog do Juca.

MARCEL RIZZO

Inacreditável essa declaração. Não há justificativa para atrasar salário não importa se a pessoa ganha um salário ou 1 milhão. O Cruzeiro se afundou financeiramente, com más gestões, e está pagando por isso com a possibilidade de ser rebaixado. E isso só deve complicar a receita do clube, já que perderá a maior parte da bolada de direito de transmissão em 2020.

Leia o blog do Marcel Rizzo.

MAURO CEZAR

Péssimo encaminhamento, mas certos jogadores e dirigentes se merecem, o atleta em questão apoiava publicamente um dos recentes dirigentes, inclusive.

Leia o blog do Mauro Cezar.

MENON

A frase é imbecil. Quem não paga, não tem razão. Perrella falaria o mesmo de senadores, como ele?

Leia o blog do Menon.

PERRONE

Frase repugnante, digna de quem não está preparado para ocupar postos de comando, independentemente da área. Se o futebol brasileiro fosse sério, Perrella seria impedido de atuar como dirigente depois dessa.

Leia o blog do Perrone.

RENATO MAURÍCIO PRADO

Dirigentes como Perrella e Itair ajudam a explicar a situação caótica do Cruzeiro. Não interessa o valor do salário. Pagar em dia é obrigatório. Quem não paga em dia, não tem direito a reclamar de nada. Nem de uma a essa altura bem provável queda para a segunda divisão.

Leia o blog do Renato Maurício Prado.

Cruzeiro