PUBLICIDADE
Topo

"Documento Trololó": pichações curiosas do Cruzeiro vêm de Hermes e Renato

Se você não sabe o que é "quilingue", faltou assistir a "Hermes e Renato" - Reprodução/Internet
Se você não sabe o que é "quilingue", faltou assistir a "Hermes e Renato" Imagem: Reprodução/Internet

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

26/11/2019 13h47

Resumo da notícia

  • CT e sede do Cruzeiro foram pichados com palavras pitorescas
  • Termos "sevandija" e "quilingue" foram inspirados em "Hermes e Renato"
  • Programa humorístico fez sucesso na MTV nos anos 2000

Se você estranhou as palavras pitorescas usadas nas pichações que apareceram no centro de treinamentos e na sede do Cruzeiro nesta semana, fique tranquilo, pois há uma explicação. A mensagem que chamou os jogadores de "sevandijas" e a que, cinco dias depois, acusou a diretoria de "quilingue" tem uma fonte de inspiração bem clara: o humor de "Hermes e Renato".

É o que veremos agora, no Documento Trololó.

Calma, vamos explicar.

O uso de palavras pouco comuns da língua portuguesa é uma marca de vários quadros do grupo de humoristas, que fez sucesso com um programa na MTV nos anos 2000. "Quilingue" é um adjetivo que diz respeito à "cultura da corrupção e da desonestidade", segundo os dicionários. Como você pode ver acima, o termo foi usado em um dos episódios do "Documento Trololó", uma sátira de programas de reportagem, cujo tema era a "cultura quilingue" do brasileiro.

"Em um país que sobrevive à base de pequenos golpinhos, existe uma herança cultural que é passada de pai para filho, de filho para neto, de neto para tataraneto e também para os sobrinhos. Pilantragem? Estelionato? Ou apenas uma inocente carraspana? A cultura quilingue: é o que veremos agora, no Documento Trololó", diz o apresentador interpretado por Fausto Fanti na abertura.

Já "sevandija", palavra usada para denominar vermes ou parasitas, apareceu em um episódio do "Programa do Urso". O convidado Jackson Gotardo (Fanti), no quadro "Máquina da Verdade", é questionado pelo apresentador Urso (Felipe Torres) se é verdade que ele, antes da fama, foi proxeneta do pai e sevandija da mãe. Jackson se atrapalha na resposta porque não sabe o que as palavras significam:

"Proxeneta", aliás, quer dizer "cafetão". Se a moda das pichações inspiradas continuar...

Cruzeiro