Topo

Seleção Brasileira


Messi volta a falhar em pênalti, mas faz do Brasil sua vítima favorita

Messi viu Alisson defender sua cobrança de pênalti, mas fez o gol no rebote - Fayez Nureldine/AFP
Messi viu Alisson defender sua cobrança de pênalti, mas fez o gol no rebote Imagem: Fayez Nureldine/AFP

Do UOL, em São Paulo

15/11/2019 16h25

Resumo da notícia

  • Messi fez o gol da vitória da Argentina sobre o Brasil, em rebote de pênalti perdido
  • Aproveitamento do craque argentino nos pênaltis é de apenas 77% na carreira
  • Brasil se tornou a maior vítima de Messi ao lado do Paraguai, com cinco gols sofridos
  • Há cinco jogos sem vencer, seleção volta a campo na terça, contra a Coreia do Sul

Lionel Messi decidiu a vitória por 1 a 0 da Argentina sobre a seleção brasileira hoje, em amistoso disputado na Arábia Saudita, aproveitando o rebote de um pênalti que ele mesmo cobrou e desperdiçou. O erro diante de Alisson piorou o já mediano retrospecto do craque em penalidades na carreira, mas, por outro lado, o gol fez do Brasil a vítima preferida do camisa 10 no futebol de seleções.

Para um jogador tão genial e colocado sempre entre os maiores da história, chama atenção como o desempenho de Messi nos pênaltis passa longe da elite. Em sua carreira, ele já fez 113 cobranças (sem contar disputas de penalidades em mata-matas), com 87 gols e 26 erros. O aproveitamento é de apenas 77%. Para efeito de comparação, Cristiano Ronaldo bateu 137 pênaltis, com 115 gols e 22 erros (aproveitamento de 84%).

Alguns erros ficaram marcados negativamente na carreira de Messi. Os maiores deles são a penalidade desperdiçada no jogo de ida da semifinal da Liga dos Campeões em 2012, contra o Chelsea, quando o Barcelona acabou eliminado, e principalmente o chute para fora na final da Copa América de 2016, na disputa decisiva contra o Chile, que acabou campeão. Na Copa de 2018, ele também teve um pênalti defendido pelo goleiro Halldórsson no empate por 1 a 1 com a Islândia na primeira fase.

O erro de hoje, aliás, não foi o primeiro pênalti perdido por Messi contra o Brasil. Ele já havia parado em defesa de Jefferson em um amistoso contra a seleção em 2014, em que a Argentina perdeu por 2 a 0.

Mas se nos pênaltis o desempenho de Messi não figura entre os melhores, o argentino mais do que compensa no restante. O gol contra o Brasil, aliás, foi o quinto dele em 11 jogos contra o rival. Nenhuma outra seleção, além do Paraguai, que também levou cinco, tomou tantos gols de Lionel. Para quem quiser contabilizar, ainda há dois gols do astro sobre o Brasil defendendo a Argentina sub-20.

O jogo de hoje contou ainda com outro pênalti perdido. Gabriel Jesus bateu para fora e chegou à sua segunda penalidade desperdiçada de forma consecutiva, tendo errado o alvo também na sua última tentativa pelo Manchester City, contra a Atalanta. Jesus, aliás, já soma cinco erros em nove cobranças de pênalti.

A vitória da Argentina levou o Brasil ao quinto jogo consecutivo sem vencer. A seleção de Tite volta a campo na próxima terça-feira (19), contra a Coreia do Sul, nos Emirados Árabes Unidos.

Seleção Brasileira