Topo

Futebol


Brasil iguala jejum de 2013 e amarga maior tempo sem vitória da era Tite

Lionel Messi cobra pênalti em amistoso da Argentina contra o Brasil - Fayez Nureldine/AFP
Lionel Messi cobra pênalti em amistoso da Argentina contra o Brasil Imagem: Fayez Nureldine/AFP

Do UOL, no Rio de Janeiro

15/11/2019 15h58

A derrota para a Argentina por 1 a 0, hoje (15), em Riad, na Arábia Saudita, fez com que a seleção brasileira amargasse o maior jejum sem vitórias da era Tite, igualando o período de 2013, quando também ficou cinco jogos sem vencer.

Na ocasião, o período de seca começou com o técnico Mano Menezes, com um empate contra a Colômbia e uma derrota para a Argentina (no Superclássico), e se juntou a Luiz Felipe Scolari, perdendo para a Inglaterra e empatando com Itália e Rússia.

Agora, com Tite, além da derrota para a Argentina, o Brasil perdeu para o Peru e empatou com Colômbia, Senegal e Nigéria. Todos depois do título da Copa América.

Os argentinos, aliás, são os adversários que Tite mais enfrentou, vencendo três partidas e perdendo duas, com esta de hoje, onde Messi - de pênalti - foi o autor do gol único do duelo.

Futebol