Topo

Marcão confirma Marcos Felipe na vaga de Muriel no gol do Fluminense

Marcos Felipe saiu na frente em disputa para ser o substituto de Muriel no gol do Fluminense - Lucas Merçon/Fluminense FC
Marcos Felipe saiu na frente em disputa para ser o substituto de Muriel no gol do Fluminense Imagem: Lucas Merçon/Fluminense FC

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

15/11/2019 13h37

Marcão, técnico do Fluminense, confirmou que o jovem Marcos Felipe será o escolhido para ocupar a vaga no gol contra o Atlético-MG, amanhã (16), no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. Muriel, que vinha sendo titular, sofreu uma fratura na mão esquerda e não atua mais nesta temporada.

O treinador tricolor salientou o trabalho que Marcos Felipe vem fazendo durante os treinos e fez elogios à cria das categorias de base do Fluminense.

"É uma ausência muito sentida. Muriel era um jogador muito seguro e muito querido. Agora, está aqui apoiando os companheiros. Optamos pelo Marcos, que é um grande menino e um grande profissional. Tanto ele quanto o Agenor são de grupo, bons profissionais. Respeitamos a opção das pessoas que trabalham com eles também. É a hora de ele abraçar essa responsabilidade conosco. Vai colocar em prática tudo o que aprendeu em Xerém. É uma pessoa muito boa, um grande jogar. Vai nos ajudar muito", disse Marcão, que completou:

"Ele (Marcos Felipe) nos deu segurança pelo dia a dia. Em alguns momentos, não estava indo para os jogos, mas o dia a dia dele tem sido muito positivo. É um cara que está sempre acompanhando os companheiros. Viu tudo o que estava acontecendo, mas nunca baixou a guarda. Isso nos deu segurança de dividir esse momento com ele. É um garoto muito focado, muito determinado. Se dá bem com todos. É o momento de ele dividir essa responsabilidade no campo".

Marcão explicou ainda o motivo de não ter optado por Agenor, apontando que uma decisão conjunta da comissão técnica.

"Temos profissionais que cuidam do setor de goleiros e escutamos todos eles. Nesse momento, chegamos à decisão de que seria o momento do Marcos. O Agenor é uma grande pessoa, ajuda muito todos nós. Dentro e fora de campo. Mas a decisão de campo ficou pelo Marcos Felipe. Vamos precisar do Agenor também, e teremos a mesma confiança e da mesma parceria de grupo", afirmou.

O comandante comentou ainda o momento pelo qual passa o Atlético-MG, adversário desta rodada. O Galo, que passou por um momento de instabilidade, não perde há três rodadas.

"Equipe forte e bem treinada pelo Mancini. Acharam uma maneira de atuar. Temos de nos impor e não podemos dar espaço para as transições deles. Treinamos muito isso. O mais importante vai ser fazer o que treinamos durante a semana para furar um bloqueio que vai ser muito forte".

Atualmente, o Fluminense encontra-se com 34 pontos, na 17ª posição, na zona de rebaixamento.

"A gente vive o dia a dia. Sabemos da realidade e o quanto temos de pontuar, mas precisamos viver esse jogo, essa final. Vamos pontuando e, depois, fazemos as contas. Já conversamos com todos os atletas sobre isso, sobre o que precisamos, mas prefiro focar nessa próxima partida", aponta.

Fluminense