Topo

Santos gastou mais com intermediação de Marinho do que Sampaoli e Soteldo

Sampaoli conversa com Marinho durante treino do Santos - Ivan Storti/Santos FC
Sampaoli conversa com Marinho durante treino do Santos Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

13/11/2019 04h00

O relatório do Conselho Fiscal do Santos sobre as contas do primeiro semestre de 2019, apresentado na última semana, revelou que o Peixe gastou R$ 8,8 milhões com intermediações nas contratações de jogadores durante o período. O maior valor pago foi na transação do atacante Marinho: R$ 1,7 mi. O montante supera os números desembolsados para trazer o técnico Jorge Sampaoli, R$ 1,3 mi, e o atacante Soteldo, R$ 1,5 mi, por exemplo. Quem também entra na lista ultrapassando a barreira milionária é o centroavante Uribe: R$ 1,2 mi.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.

Santos