PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Com pé no Botafogo, Valentim ensaia adeus ao Avaí em reencontro com Vasco

Técnico Alberto Valentim deve fazer sua última partida no comando do Avaí hoje (10), contra o Vasco, seu ex-clube - André Palma Ribeiro/Avaí F. C.
Técnico Alberto Valentim deve fazer sua última partida no comando do Avaí hoje (10), contra o Vasco, seu ex-clube Imagem: André Palma Ribeiro/Avaí F. C.

Bernardo Gentile e Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

10/10/2019 04h00

Classificação e Jogos

Um reencontro já de malas prontas para retornar ao Rio de Janeiro. Pela primeira vez enfrentando o Vasco desde que deixou o clube - após o vice-campeonato estadual em abril - o técnico Alberto Valentim, muito provavelmente, fará sua despedida hoje (10) do Avaí, após o duelo das 19h15, no estádio da Ressacada (SC), para retornar ao Botafogo.

O treinador confirmou a proposta do Alvinegro e afirmou que resolverá tudo após a partida de logo mais em Florianópolis (SC).

"Meu desejo é fazer um bom trabalho para vencer o jogo, pois precisamos muito dessa vitória. A possibilidade existe e com qualquer treinador. Eu vou viver o jogo de maneira normal, como já foi outras vezes. Foco total no Vasco", afirmou.

Alberto Valentim teve seu nome cogitado pela diretoria do Botafogo junto com Jair Ventura e Enderson Moreira. Ventura, porém, tinha rejeição de boa parte da torcida. Moreira pediu um salário acima do que o clube poderia oferecer, algo que abriu as portas para o técnico do Avaí voltar.

No contrato com o clube catarinense que vai até o fim de 2019 se prevê uma multa de R$ 200 mil, mas o Botafogo afirma que isso não será um empecilho.

Polêmica no Vasco

Técnico Alberto Valentim teve problema com o meia Thiago Galhardo nos tempos de Vasco - Rafael Ribeiro / Site oficial do Vasco
Técnico Alberto Valentim teve problema com o meia Thiago Galhardo nos tempos de Vasco
Imagem: Rafael Ribeiro / Site oficial do Vasco

Se um dos motivos para estar com um pé do retorno ao Botafogo - onde foi campeão carioca em 2018 - foi o bom ambiente que deixou, o mesmo não se pode dizer em relação ao Vasco, adversário de hoje.

Embora gozasse de prestígio com o presidente do clube, Alexandre Campello, Valentim teve problemas internos, mais precisamente com o meia Thiago Galhardo.

Sua rusga com o jogador custou o afastamento do atleta, que na sequência obteve sua rescisão na Justiça do Trabalho e se transferiu para o Ceará.

Campello chegou a dizer que, nesta época, houve um "racha" no vestiário vascaíno.

"Acho o Valentim um grande treinador, não foi um erro (sua contratação). Ele ainda terá um futuro de sucesso na profissão. Naquele momento ele tinha uma boa relação com o elenco, mas num determinado momento, isso mudou. Houve um racha dele com os jogadores e não pudemos fazer outra coisa, então acabei tendo que tomar uma decisão de dispensar o treinador", disse ao canal "Atenção Vascaínos".

Henríquez: "Relação profissional"

Zagueiro colombiano Oswaldo Henríquez não era aproveitado por Valentim e virou titular com Luxemburgo - Rafael Ribeiro / Vasco.com.br
Zagueiro colombiano Oswaldo Henríquez não era aproveitado por Valentim e virou titular com Luxemburgo
Imagem: Rafael Ribeiro / Vasco.com.br

Neste reencontro, Valentim também vai rever um jogador que pouco utilizou enquanto era técnico do Vasco: Oswaldo Henríquez, zagueiro que hoje é titular absoluto com Vanderlei Luxemburgo.

Em entrevista coletiva, o colombiano não falou em amizade, apenas em uma "relação profissional":

"Não dei muita importância às explicações (por não jogar). O relacionamento se limitou à questão profissional. É uma pessoa que tem ideia de jogo interessante, ideias inovadoras. Acho que o treinador tem a liberdade de escolher quem joga ou não. Sempre me coloquei à disposição do grupo".

Valentim processa o Vasco

A demissão de Alberto Valentim do Vasco não foi amigável. O treinador cobra na Justiça mais de R$ 1 milhão do clube por conta da rescisão de contrato. O caso ainda tramita no tribunal.

Pode enfrentar Vasco de novo em uma semana

A curiosidade de toda essa história envolvendo Alberto Valentim é que ele poderá enfrentar o Vasco novamente daqui a uma semana, já no comando do Botafogo. O clássico carioca acontecerá no próximo dia 16.

AVAÍ X VASCO
24ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local:
Ressacada, Florianópolis (SC)
Hora: 19h15 (horário de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Auxiliares: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Luciano Roggenbaum (PR)
VAR: Igor Junior Benevenuto (MG)

Avaí
Vladimir; Léo, Betão, Ricardo e Igor Fernandes; Mosquera, Richard Franco e Douglas; João Paulo, Caio Paulista e Jonathan
Técnico: Alberto Valentim

Vasco
Fernando Miguel; Yago Pikachu, Oswaldo Henríquez, Ricardo Graça e Danilo Barcelos; Richard, Raul (Andrey) e Marcos Júnior; Rossi, Ribamar e Talles Magno
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Futebol