Topo

Futebol


Com pé no Botafogo, Valentim ensaia adeus ao Avaí em reencontro com Vasco

Técnico Alberto Valentim deve fazer sua última partida no comando do Avaí hoje (10), contra o Vasco, seu ex-clube - André Palma Ribeiro/Avaí F. C.
Técnico Alberto Valentim deve fazer sua última partida no comando do Avaí hoje (10), contra o Vasco, seu ex-clube Imagem: André Palma Ribeiro/Avaí F. C.

Bernardo Gentile e Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

10/10/2019 04h00

Um reencontro já de malas prontas para retornar ao Rio de Janeiro. Pela primeira vez enfrentando o Vasco desde que deixou o clube - após o vice-campeonato estadual em abril - o técnico Alberto Valentim, muito provavelmente, fará sua despedida hoje (10) do Avaí, após o duelo das 19h15, no estádio da Ressacada (SC), para retornar ao Botafogo.

O treinador confirmou a proposta do Alvinegro e afirmou que resolverá tudo após a partida de logo mais em Florianópolis (SC).

"Meu desejo é fazer um bom trabalho para vencer o jogo, pois precisamos muito dessa vitória. A possibilidade existe e com qualquer treinador. Eu vou viver o jogo de maneira normal, como já foi outras vezes. Foco total no Vasco", afirmou.

Alberto Valentim teve seu nome cogitado pela diretoria do Botafogo junto com Jair Ventura e Enderson Moreira. Ventura, porém, tinha rejeição de boa parte da torcida. Moreira pediu um salário acima do que o clube poderia oferecer, algo que abriu as portas para o técnico do Avaí voltar.

No contrato com o clube catarinense que vai até o fim de 2019 se prevê uma multa de R$ 200 mil, mas o Botafogo afirma que isso não será um empecilho.

Polêmica no Vasco

Técnico Alberto Valentim teve problema com o meia Thiago Galhardo nos tempos de Vasco - Rafael Ribeiro / Site oficial do Vasco
Técnico Alberto Valentim teve problema com o meia Thiago Galhardo nos tempos de Vasco
Imagem: Rafael Ribeiro / Site oficial do Vasco

Se um dos motivos para estar com um pé do retorno ao Botafogo - onde foi campeão carioca em 2018 - foi o bom ambiente que deixou, o mesmo não se pode dizer em relação ao Vasco, adversário de hoje.

Embora gozasse de prestígio com o presidente do clube, Alexandre Campello, Valentim teve problemas internos, mais precisamente com o meia Thiago Galhardo.

Sua rusga com o jogador custou o afastamento do atleta, que na sequência obteve sua rescisão na Justiça do Trabalho e se transferiu para o Ceará.

Campello chegou a dizer que, nesta época, houve um "racha" no vestiário vascaíno.

"Acho o Valentim um grande treinador, não foi um erro (sua contratação). Ele ainda terá um futuro de sucesso na profissão. Naquele momento ele tinha uma boa relação com o elenco, mas num determinado momento, isso mudou. Houve um racha dele com os jogadores e não pudemos fazer outra coisa, então acabei tendo que tomar uma decisão de dispensar o treinador", disse ao canal "Atenção Vascaínos".

Henríquez: "Relação profissional"

Zagueiro colombiano Oswaldo Henríquez não era aproveitado por Valentim e virou titular com Luxemburgo - Rafael Ribeiro / Vasco.com.br
Zagueiro colombiano Oswaldo Henríquez não era aproveitado por Valentim e virou titular com Luxemburgo
Imagem: Rafael Ribeiro / Vasco.com.br

Neste reencontro, Valentim também vai rever um jogador que pouco utilizou enquanto era técnico do Vasco: Oswaldo Henríquez, zagueiro que hoje é titular absoluto com Vanderlei Luxemburgo.

Em entrevista coletiva, o colombiano não falou em amizade, apenas em uma "relação profissional":

"Não dei muita importância às explicações (por não jogar). O relacionamento se limitou à questão profissional. É uma pessoa que tem ideia de jogo interessante, ideias inovadoras. Acho que o treinador tem a liberdade de escolher quem joga ou não. Sempre me coloquei à disposição do grupo".

Valentim processa o Vasco

A demissão de Alberto Valentim do Vasco não foi amigável. O treinador cobra na Justiça mais de R$ 1 milhão do clube por conta da rescisão de contrato. O caso ainda tramita no tribunal.

Pode enfrentar Vasco de novo em uma semana

A curiosidade de toda essa história envolvendo Alberto Valentim é que ele poderá enfrentar o Vasco novamente daqui a uma semana, já no comando do Botafogo. O clássico carioca acontecerá no próximo dia 16.

AVAÍ X VASCO
24ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local:
Ressacada, Florianópolis (SC)
Hora: 19h15 (horário de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Auxiliares: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Luciano Roggenbaum (PR)
VAR: Igor Junior Benevenuto (MG)

Avaí
Vladimir; Léo, Betão, Ricardo e Igor Fernandes; Mosquera, Richard Franco e Douglas; João Paulo, Caio Paulista e Jonathan
Técnico: Alberto Valentim

Vasco
Fernando Miguel; Yago Pikachu, Oswaldo Henríquez, Ricardo Graça e Danilo Barcelos; Richard, Raul (Andrey) e Marcos Júnior; Rossi, Ribamar e Talles Magno
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Mais Futebol