Topo

Liga dos Campeões 2019/2020


Barça vence Inter de virada e com brilho de Suárez na Champions

Luis Suárez comemora após marcar pelo Barcelona contra a Inter de Milão - Sergio Perez/Reuters
Luis Suárez comemora após marcar pelo Barcelona contra a Inter de Milão Imagem: Sergio Perez/Reuters

Do UOL, em São Paulo

02/10/2019 17h51

O Barcelona venceu a Inter de Milão por 2 a 1 hoje (2), de virada, após sofrer durante o primeiro tempo no Camp Nou. Os dois gols do time espanhol foram feitos por Luis Suárez, que se redimiu após atuação apagada nos 45 minutos iniciais e levou o estádio à euforia pela primeira vitória na atual edição da Liga dos Campeões.

O resultado deixa o Barça na segunda posição do Grupo F com os mesmos quatro pontos do líder Borussia Dortmund, que leva vantagem pelo saldo de gols. A Inter tem apenas um ponto, assim como o lanterna Slavia Praga.

Os participantes do grupo voltam a entrar em campo na Liga dos Campeões no dia 23 de outubro. Em jogos que serão realizados simultaneamente às 16 horas (de Brasília), o Barcelona visita o Slavia Praga, e a Inter recebe o Borussia Dortmund em Milão.

A equipe italiana abriu o placar com gol relâmpago logo aos três minutos. Lautaro Martínez recebeu passe em profundidade e venceu Lenglet na corrida para marcar. O atacante argentino ainda teve outras oportunidades de balançar a rede, como em um forte cabeceio defendido por Ter Stegen.

A agilidade nos contra-ataques foi o diferencial da Inter de Milão no primeiro tempo. Na zaga, o time de Antonio Conte impedia o Barcelona de fazer o que mais gosta, tocar a bola até se aproximar do gol; depois de recuperar a bola, descia em velocidade.

Lautaro Martínez abriu o placar pela Inter de Milão contra o Barcelona - LLUIS GENE / AFP
Lautaro Martínez abriu o placar pela Inter de Milão contra o Barcelona
Imagem: LLUIS GENE / AFP

Do outro lado, o Barcelona demorou para assimilar a própria dificuldade de entrar na área com a bola. No primeiro tempo, Sergio Busquets foi um dos poucos a tentar um chute de fora da área, aos 20, tirando tinta do travessão de Handanovic.

Tudo mudou no segundo tempo. Aos 13 minutos, Luis Suárez chamou a responsabilidade na entrada da grande área e chutou de primeira. O golaço foi quase redentor para o uruguaio, que já começava a ser criticado pelo Camp Nou quando pegava na bola.

Ele brilhou de vez aos 39. A linda jogada foi iniciada por Lionel Messi, que cortou a marcação na entrada da área e rolou a bola para Suárez. O uruguaio, consciente, deu um toque para tirar o compatriota Godin do caminho e definiu a virada.

A Inter chegou a fazer outro gol aos 26 do primeiro tempo, mas Candreva estava em posição irregular no momento em que foi acionado do lado direito do ataque. Por isso, a arbitragem eslovena comandada por Damir Skomina acertou ao anular a jogada.

Mais uma vez, Griezmann não se mostrou totalmente adaptado ao Barça e foi substituído por Dembélé, que arriscou mais.