Topo

Futebol


Inter aguenta vaias, vê fim da ressaca e ganha aplausos após vitória

Do UOL, em Porto Alegre

22/09/2019 13h25

Foi ruim, mas poderia ter sido pior. O Internacional venceu a Chapecoense por 1 a 0, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro, com enormes dificuldades e aliviou um ambiente de tensão após o vice-campeonato da Copa do Brasil. No início do duelo em Porto Alegre, o estádio foi tomado por vaias e no final se rendeu ao time com aplausos. Um sinal de que a ressaca da decisão perdida está mais perto de acabar.

Rodrigo Lindoso marcou, de joelho, o gol da vitória aos 40 minutos do segundo tempo.

Antes, Wellington Silva e Neilton também balançaram as redes. Mas os dois lances foram anulados pelo VAR - primeiro por impedimento e depois por falta de Edenilson em Bruno Pacheco no decorrer da jogada dentro da área da Chapecoense.

"Faz parte do futebol. Quando é contra a gente fica na esperança de voltar atrás (lance em revisão com o VAR). O segundo foi interpretação, foi falta. O primeiro não tem como discutir (pelo impedimento de Wellington Silva). No meu eu brinquei (na hora de comemorar), vi que sai atrás. Tivemos que fazer três para valer um", disse Rodrigo Lindoso.

Além dos incidentes durante o duelo, o Inter precisou superar um fardo psicológico grande. A frustração da derrota para o Athletico pesou no desempenho coletivo e também individual.

Antes do jogo, a vaia foi intensa para vários personagens do Inter. Bruno, Edenilson, Patrick e Odair Hellmann foram alvo de apupo quando da escalação oficial no sistema de som. As torcidas organizadas ficaram em silêncio até os 20 minutos do primeiro tempo e no intervalo, o estádio voltou a vaiar e pediu raça. Após o término do jogo, com a vitória, houve aplausos.

"A gente está muito triste, mas eu queria vencer para sair dessa. Sabíamos que não íamos jogar bem, por tudo que aconteceu, mas vencemos", comentou Paolo Guerrero. "Superamos a ressaca", adicionou Lindoso.

O Internacional volta a campo diante do Flamengo, na quarta-feira, no Rio de Janeiro.

Mais Futebol