Topo

Esporte


Real Madrid "desliga" no 2° tempo, mas vence Levante em casa

Vinicius Júnior e Benzema comemoram o 2° gol do Real Madrid na partida contra o Levante - SUSANA VERA / REUTERS
Vinicius Júnior e Benzema comemoram o 2° gol do Real Madrid na partida contra o Levante Imagem: SUSANA VERA / REUTERS

do UOL, em São Paulo

14/09/2019 09h53

Depois de dois empates seguidos, o Real Madrid sofreu, mas fez a lição de casa e voltou a vencer no Campeonato Espanhol. Com dois gols de Benzema e um do brasileiro Casemiro, o time de Zidane derrotou o Levante por 3 a 2, em duelo disputado no Santiago Bernabeu, nesta manhã.

Com o resultado, o Real Madrid assumiu provisoriamente a 2ª colocação do torneio com 8 pontos, atrás somente do rival Atlético de Madrid. O Levante permaneceu com 6 pontos conquistados.

O time da casa abriu o placar com Benzema, que aproveitou bom cruzamento de Carvajal pela direita, ganhou dos zagueiros e cabeceou para as redes de Fernandez.

Seis minutos depois, o Real ampliou. Benzema fez o pivô de cabeça e ajeitou para James Rodriguez. O colombiano dominou no peito e serviu com maestria o francês, que de perna esquerda deslocou o goleiro do Levante.

O terceiro gol foi "brasileiro" e aconteceu aos 40 minutos da etapa inicial. Vinicius Júnior apareceu nas costas do zagueiro e recebeu bom passe de Vázquez na linha de fundo. De primeira, o ex-Flamengo cruzou rasteiro para a área e o volante Casemiro apareceu livre para marcar.

No 2° tempo, a tranquilidade do Real acabou. Logo nos primeiros minutos, a "lei do ex" entrou em ação e o time visitante diminuiu no início do 2° tempo. O jovem Borja Mayoral, emprestado ao Levante justamente pelo time de Zidane, recebeu bom passe em diagonal e bateu rasteiro ao gol de Courtois. O atacante não comemorou o gol por respeito ao clube que o revelou.

Aos 30 minutos da etapa final, o Levante chegou ao 2° gol. Após escanteio, Melero apareceu nas costas de Carvajal e fez o segundo gol do Levante, que ainda assustou nos acréscimos e "consagrou" o goleiro Courtois.

A partida teve ainda a estreia do belga Hazard, que entrou no início da etapa complementar, e um gol de Vinicius Júnior anulado pelo VAR.

Mais Esporte