Topo

Leandro Carvalho diz que viu Cássio adiantado e "pede" aumento após golaço

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

07/09/2019 13h14

O atacante Leandro Carvalho disse que viu o goleiro Cássio adiantado antes de marcar o gol olímpico que garantiu o empate por 2 a 2 do Ceará contra o Corinthians hoje, em Itaquera, pelo Campeonato Brasileiro.

De acordo com o jogador, ele percebeu que o goleiro corintiano estava esperando adiantado o cruzamento para tentar interceptar o lance por duas vezes, e ao ver que faltavam poucos minutos para o término do jogo resolveu arriscar.

"Tive um pouco de sorte e fé, porque botei na cabeça que iria bater fechado, daquele jeito, e a bola iria desviar em alguém. O que aconteceu é que não bateu em ninguém e foi direto para o gol. O Cássio confia no potencial, é um baita de um goleiro, mas às vezes pode ser pego de surpresa", disse Leandro, que fez o primeiro gol olímpico da Arena.

"Não foi calculado, foi mais uma reação minha. No primeiro escanteio que eu bati, vi o Cássio adiantado. No segundo também e quando fui bater terceiro olhei no telão e vi que já estava nos 44 minutos do segundo tempo. Minha reação foi de bater em direção aos jogadores e para o gol. Fui feliz porque a bola foi direto para o gol, isso é o mais importante", completou o atacante.

Após a pintura, Carvalho espera dar uma virada na carreira, a começar por um possível aumento salarial. "Se Deus quiser, a carreira vai dar uma mudada, sim. Quem sabe o presidente possa ver a entrevista e me dar um aumento de salário. O presidente já dobrou o bicho lá dentro, espero fazer mais gols assim para ele dobrar ainda mais", brincou Leandro, que teve o seu gol comparado pelo técnico Fábio Carille aos de Roberto Carlos.

O gol, primeiro olímpico de Leandro Carvalho, foi marcado aos 47 minutos do segundo tempo. O Corinthians chegou a abrir 2 a 0, mas permitiu a reação do Ceará.