Topo

Atacante do Bahia evita empolgação por vaga na Libertadores: "Ainda é cedo"

Arthur Caíke comemora gol do Bahia contra o CSA - Jhony Pinho/AGIF
Arthur Caíke comemora gol do Bahia contra o CSA Imagem: Jhony Pinho/AGIF

Do UOL, em Santos (SP)

03/09/2019 16h14

Sete jogos sem perder, vitórias convincentes sobre o líder Flamengo (3 a 0) e o sétimo colocado Atlético-MG (1 a 0) e a melhor campanha do clube no primeiro turno desde que o Campeonato Brasileiro passou a ser disputado por 20 times, em 2006. A campanha do Bahia empolga, mas os jogadores não querem entrar na onda da torcida. "Pés no chão" é a frase da vez no elenco tricolor.

Entrevistado em coletiva, o atacante Arthur Caíke evitou se empolgar com o assunto "vaga na Libertadores". Hoje, o Bahia aparece em oitavo na tabela, com a mesma pontuação (27) do Internacional, sexto colocado e que fecha o G-6. Vale lembrar, porém, que, dependendo dos campeões de Libertadores, Copa do Brasil e Sul-Americana, mais vagas podem se abrir.

"Está cedo. A gente está indo jogo a jogo, sabemos dos objetivos do clube. Hoje a gente tem uma grande equipe. Pés no chão, sempre. Hoje o Bahia bateu mais um recorde de pontuação no primeiro turno. A gente vai manter isso. Vamos jogo a jogo, até o final. Temos nossos objetivos de conseguir essa vaga na Libertadores. A gente vai devagarzinho, pé no chão, respeitando as equipes, para ir em busca deste objetivo", disse o atacante, autor do gol da vitória por 1 a 0 sobre o CSA no último fim de semana.

Caso consiga entrar e se manter no G-6 do Brasileiro, o Bahia conseguiria ir para a Libertadores pela primeira vez desde 1989, quando conquistou a vaga após o bicampeonato brasileiro no ano anterior. A ideia, independente do torneio continental, é tentar manter o ritmo. Até aqui, o Bahia já conseguiu atingir a melhor campanha do primeiro turno na era dos pontos corridos.

A melhor marca havia sido feita no ano passado, quando o time terminou as 19 primeiras rodadas com 25 pontos. Agora são 27 e ainda restam duas rodadas para finalizar a primeira metade do campeonato. Os comandados de Roger Machado ainda enfrentam Vasco, em São Januário, neste sábado (7), e Fortaleza, dia 15, na Arena Fonte Nova.

"A gente está fazendo sempre o que o professor Roger tem pedido, o que ele passa para a gente. Difícil o Campeonato Brasileiro e as equipes que estamos enfrentando. Então a gente está indo passo a passo. No jogo fora de casa a gente teve o primeiro triunfo contra o Atlético-MG e deu confiança. A gente sabe das nossas limitações. Estamos trabalhando em cima disso sempre. É sempre procurar fazer o melhor dentro de campo, o que professor Roger tem pedido, que a gente vai conseguir nosso objetivo e manter essa invencibilidade", completou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Bahia