PUBLICIDADE
Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Roma oferece R$ 37 milhões por Mateus Vital, mas Corinthians recusa

Mateus Vital se tornou titular do Corinthians após a pausa da Copa América e hoje é um dos destaques do time - Marcello Zambrana/AGIF
Mateus Vital se tornou titular do Corinthians após a pausa da Copa América e hoje é um dos destaques do time Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Gabriel Carneiro e Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo

29/08/2019 19h04

A menos de uma semana do fechamento da janela internacional de transferências na Itália, a Roma procurou o Corinthians para comprar o meia-atacante Mateus Vital, mas ouviu resposta negativa em uma sondagem de 8 milhões de euros (cerca de R$ 37 milhões). Por este valor as conversas não serão retomadas - o período de negociações no país acaba na segunda-feira (2). O clube brasileiro pagou pouco mais de R$ 5 milhões ao Vasco pela contratação, em 2018, e exige um valor mais alto do que a oferta.

O clube italiano tem boa relação com Carlos Leite, empresário do jogador de 21 anos, e observa seu desempenho desde as categorias de base. A investida, também informada pelo canal "Sky Sport", não agradou aos dirigentes do Corinthians. Anteriormente, foram recusadas propostas ou sondagens por outros jogadores, como o lateral-esquerdo Danilo Avelar e o atacante Gustavo. Apesar da necessidade de vender algum jogador para equilibrar as contas, o clube espera uma negociação justa dentro de seus moldes.

Mateus Vital está em sua segunda temporada pelo Corinthians, foi campeão paulista duas vezes (2018 e 2019) e soma 93 partidas, com quatro gols marcados neste período. Ele se tornou titular após a pausa da Copa América, atuando como meia-esquerda no esquema tático 4-1-4-1 do técnico Fábio Carille e tem sido elogiado por causa de sua capacidade técnica e enfrentamentos "um contra um". Ele ganhou a posição de Sornoza, que é o principal autor de assistências do time na temporada.

O jogador de 21 anos está valorizado. Recentemente foi campeão do Torneio de Toulon pela seleção brasileira sub-23 ao lado do companheiro Pedrinho e está na lista de jogadores observados pelo técnico André Jardine para os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. O Corinthians tem 85% dos direitos econômicos do jogador e contrato até o fim de 2021.

Corinthians