PUBLICIDADE
Topo

Botafogo

Jobson desfaz acordo com clube da 4ª divisão do Rio e é acusado de calote

Jobson havia fechado com clube da 4ª divisão do Rio, mas desistiu e é acusado de calote - Kleyton Amorim/UOL
Jobson havia fechado com clube da 4ª divisão do Rio, mas desistiu e é acusado de calote Imagem: Kleyton Amorim/UOL

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

28/08/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Eliminado da Copa Verde com o Brasiliense, Jobson deu palavra que jogaria pelo Atlético Carioca
  • Atacante ganharia R$ 3 mil por jogo e recebeu R$ 1,5 mil adiantado
  • Empresários alegam que Jobson não sabia que jogaria a 4ª divisão do Rio e desistiu do negócio
  • O jogador, no entanto, não devolveu o dinheiro que recebeu no momento em que fechou acordo
  • Atlético Carioca processará tanto Jobson, como a RCF, empresa que agencia o jogador

Jobson está novamente envolvido em polêmica. O atacante defende atualmente o Brasiliense, mas havia fechado acordo com Atlético Carioca, que disputa a Série C do Campeonato Carioca - o que corresponde à 4ª divisão do estadual. O jogador negociou diretamente com Maicon Vilela, presidente do time do Rio, e chegou até mesmo a receber metade do valor que receberia por cada partida disputada: R$ 3 mil.

O problema é que Jobson negociou com o Atlético Carioca sem avisar seus empresários, que ficaram incomodados com a possibilidade de seu cliente jogar alguns jogos da quarta divisão do Rio. O negócio, então, foi desfeito, e o atacante não devolveu o dinheiro.

"Eu tenho tudo gravado aqui. Jobson me deu a palavra dele e ficou cobrando o dinheiro adiantado. Depois que depositei, ele mudou o discurso. Acho até que o Jobson não tem culpa, que deu a palavra e viria jogar as partidas. Mas ele sofreu uma lavagem cerebral dos empresários e gerou tudo isso. Me mandou mensagem reclamando do vídeo que postei, mas não falou nada de devolver o dinheiro que adiantei. Isso é até o de menos, dinheiro a gente corre atrás e consegue, mas não poderia ficar de mentiroso nessa história", disse Maicon Vilela ao UOL Esporte.

Audio e vídeo de toda negociação com o atleta Jobson! Tirem suas próprias conclusões... #Atleticocarioca

Publicado por Clube Atlético Carioca em Segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Procurado pela reportagem, Renan Coelho Costa, que pertence à RCF, empresa que agencia o atacante, deu sua versão da história. Segundo ele, Jobson fechou o acordo por engano, já que não sabia se tratar de um clube que jogará a 4ª divisão do Rio.

"Jobson pensou que se tratava de partidas amadoras. Como está com o calendário livre no Brasiliense, viu uma boa oportunidade para fazer um dinheiro e negociar com clubes do Rio que estão interessados na sua contratação. Quando viu que era para jogar a 4ª divisão, desistiu", explicou Renan, que ainda completou. "Ele vai devolver o dinheiro, se ainda não devolveu, vai devolver", finalizou.

O UOL Esporte tentou entrar em contato com Jobson, mas ele não atendeu às ligações. O atacante está no Pará, onde foi visitar sua família e ainda não sabe qual será seu futuro após o Brasiliense ser eliminado pelo Goiás na Copa Verde e ficar sem outros compromissos em 2019.

Presidente do Atlético Carioca, Maicon Vilela afirmou que tanto Jobson como a RCF serão processados pelo ocorrido. Segundo ele, o episódio fez com que o clube perdesse um patrocinador, que seria responsável por arcar com os custos do elenco para a competição.

Veja nota oficial do Atlético Carioca:

Nota Oficial

Diante das notícias veiculadas nos últimos dias sobre falso acerto com o atleta Jobson, o Clube Atlético Carioca esclarece alguns pontos:

As conversas foram feitas diretamente com o jogador Jobson. O mesmo pediu garantias financeiras para confirmar sua vinda para disputa da Série C com a camisa do clube. Após confirmação do depósito de 50% do valor (pedido pelo próprio atleta), o clube pediu para que contactado gravasse um vídeo confirmando o acerto. O atleta, no entanto, não cumpriu com o combinado e desconversou sobre o assunto.

O Clube Atlético Carioca trabalha com seriedade, comprometimento e muita luta. Nosso trabalho seguirá firme e o que o Atlético Carioca entender que algo poderá denegrir a imagem da instituição, irá tomar todas as medidas judiciais cabíveis por danos morais.

Botafogo