Topo

Futebol


Torcida do PSG protesta contra punições em gritos homofóbicos: "demagogia?

Torcida do PSG chama de demagogia punição à homofobia nos estádios - João Henrique Marques
Torcida do PSG chama de demagogia punição à homofobia nos estádios Imagem: João Henrique Marques

João Henrique Marques

Colaboração para o UOL, em Paris

25/08/2019 18h27

A torcida do Paris Saint-Germain se posicionou contra a iniciativa da organizadora do Campeonato Francês, a LFP, de interromper os jogos da competição ao serem registradas manifestações homofóbicas. A medida já aconteceu em partidas da primeira e segunda divisão e é encarada pelos ultras do PSG, a ala radical dos torcedores, como demagoga. O posicionamento aconteceu na vitória do PSG por 4 a 0 diante do Tolouse, na noite deste domingo, no Parque dos Príncipes.

"Interrupções, homofobia: O campeonato da demagogia também está de volta", destacou a torcida do PSG em uma faixa (foto).

Em outro momento, a torcida Ultra do PSG atacou a ministra dos Esportes, Roxana Maracineanu. Nesta semana, ela declarou estar do lado da LFP na tentativa de acabar com cantos homofóbicos nos estádios franceses.

"Roxana, você nada contra a corrente", destacou uma faixa.

Os Ultras do PSG já tiveram problemas passados com Roxana, como por exemplo, com a aprovação recente de uma lei que impediu o consumo de bebidas alcoólicas nos estádios na França. Na visão da ala radical do PSG há uma perseguição por parte da LFP e do Governo Francês. Parem com a Ultrafobia", ironizou em uma faixa.

Durante o jogo, os ultras do PSG, também xingaram a LFP por vários momentos. O coro tornou-se forte quando o VAR foi acionado no segundo tempo em um pênalti validado a favor do time da casa.

Mais Futebol