Topo

Santos tenta manter escrita e liderança do Brasileiro após duas derrotas

Jorge Sampaoli grita com o time durante o clássico entre Santos e São Paulo - Ivan Storti/Santos FC
Jorge Sampaoli grita com o time durante o clássico entre Santos e São Paulo Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

25/08/2019 04h00

Após duas derrotas fora de casa, o Santos vai tentar manter a escrita de 2019 e se recuperar em casa neste domingo, às 16h, quando recebe o Fortaleza, na Vila Belmiro, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Neste ano o Peixe teve duas vezes uma sequência de duas derrotas e sempre conseguiu se recuperar vencendo o jogo seguinte em casa. Nas duas oportunidades, o Santos atuou no Pacaembu.

A primeira vez na temporada se deu após as derrotas para o Botafogo-SP e o Novorizontino. O Peixe se recuperou vencendo o Red Bull Brasil, pelas quartas de final do estadual no estádio da capital paulista. Logo depois, o clube perdeu de forma consecutiva para o Corinthians e Atlético-GO, e se recuperou frente ao mesmo Corinthians, também no Pacaembu, mas acabou eliminado nos pênaltis.

Desde então, o Santos teve apenas três derrotas e nunca de forma consecutiva até esta sequência. O Peixe foi derrotado pelo Vasco, na Copa do Brasil, e pelo Palmeiras, no Brasileirão, e Atlético-MG, quando acabou eliminado da Copa do Brasil.

Líder do Campeonato Brasileiro, o Santos busca a vitória neste domingo para manter o topo da tabela, já que está apenas dois pontos à frente de Palmeiras, Flamengo e São Paulo, que dividem a segunda colocação.

FICHA TÉCNICA

Santos x Fortaleza

Data: 25 de agosto de 2019
Horário: 16h (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos
Árbitro: Rodrigo D'Alonso Ferreira (SC)
Assistentes: Alex dos Santos e Helton Nunes (ambos de SC)
VAR: Rafael Traci (SC)

Santos: Everson; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Felipe Aguilar e Jorge (Felipe Jonatan); Diego Pituca, Sánchez e Felipe Jonatan (Evandro); Soteldo, Derlis González (Marinho) e Eduardo Sasha. Técnico: Jorge Sampaoli.

Fortaleza: Felipe Alves; Tinga, Quintero, Jackson e Carlinhos (Bruno Melo); Felipe, Juninho e Mariano Vázquez; Romarinho, Wellington Paulista e Edinho. Técnico: Zé Ricardo