Topo

Futebol


"Se um time grande quisesse o Neymar, já tinha comprado", crava Casagrande

Charles Platiau/Reuters
Imagem: Charles Platiau/Reuters

Do UOL, em São Paulo

21/08/2019 14h27

Presente no 'Acabou a Brincadeira', do SporTV , Walter Casagrande comentou a situação de Neymar. Preterido por Barcelona, Real Madrid e Juventus, o atacante do PSG não atua desde a lesão no tornozelo, às vésperas da Copa América.

Para o comentarista, se o craque deixar o clube francês, será apenas na reta final da janela de transferências, que se encerra no dia 31 de agosto. Pensando no 'pacote Neymar', Casão cravou que, se um clube 'quisesse mesmo' o brasileiro, já o teria contratado.

"Vamos por partes. Qualidade do Neymar: Altíssima. Jogador de alto nível, acima da média. Deveria estar disputando ser o melhor do mundo, como ele já foi o terceiro na época do Barcelona. Segunda parte: Comportamento do Neymar pós-saída do Barcelona. Muito ruim em todos os sentidos. Confusão... Claro que a menina armou tudo, mas ele atraiu aquela confusão toda, agrediu torcedor, xingou juiz, reclamou dos jogadores do PSG numa entrevista... Isso não funciona bem para jogador nenhum. Quando um jogador faz isso, todos os jogadores e todos os times ficam meio assim. Ninguém quer um jogador que vá reclamar deles" falou o ex-jogador.

"Se algum time grande quisesse mesmo o Neymar, de verdade, já tinha ido lá e comprado, como fizeram com o Lukaku (Inter de Milão), com o Hazard (Real Madrid), com o Griezmann (Barcelona). Quer um jogador? Vai lá, não importa o preço, e pronto. Não tem nenhum desespero de nenhum time para ter o Neymar", completou.

Por fim, Casão defendeu que os clubes interessados no craque enviarão propostas para contratar o craque no fim da janela de transferências, cabendo ao PSG aceitar ou não.

"O que eu acho que vai acontecer é que os times que tem interesse pelo Neymar esperarem o último dia (da janela) e, poucas horas antes de fechar o mercado, lançar uma proposta para o PSG", concluiu.

Mais Futebol