PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Neymar pai confronta Casagrande e defende filho de fama de "mimado"

Neymar participa do programa "Grande Círculo", do SporTV - Reprodução
Neymar participa do programa "Grande Círculo", do SporTV Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

22/02/2019 11h30

O pai de Neymar, Neymar da Silva Santos, participou do programa "Grande Círculo", do SporTV. Na atração, ele confrontou Walter Casagrande por causa de um comentário feito no início do ano passado e o defendeu da fama de ser "mimado".

"Quando as coisas são faladas repentinamente, várias vezes, ainda mais por alguém do seu tamanho e de uma emissora como a Globo, isso pode começar a virar uma verdade. Era um momento de você chegar e falar, pô, freia, segura", disse o pai de Neymar a Casagrande, que estava como um dos entrevistadores da atração.

A fala de Neymar pai se refere a um comentário feito por Casagrande durante o "Redação SporTV". O comentarista disse que Neymar era "excessivamente egoísta" e "mimado". Na época, o atacante vivia em pé de guerra com Cavani no PSG.

"Seu comentário foi muito pessoal, né? Não foi pertinente o comentário. Por mais que você quisesse colocar o Neymar em uma posição de mimado, não era pertinente, você tinha que falar desportivamente. É natural que um filho seja protegido pelos pais. Você mesmo falou o que é a palavra mimado, eu aceito. Se ele é protegido pelos pais, amém. A posição de mimado desportivamente não é nada pertinente. (...) O atleta não é mimado. Não tem treinador passando a mão na cabeça dele. É um dos caras que mais treinam, tem muita responsabilidade profissional, ele está em todos os campeonatos que exigem, não foge de nada. Então a minha resposta... Se eu te falei alguma coisa, desculpa aqui agora, mas não foi pertinente", prosseguiu Neymar pai.

O pedido de desculpas na fala do pai do atacante tem referência com a nota de repúdio emitida por ele na época em que Casagrande fez o comentário. Na ocasião, Neymar pai não citou o nome do comentarista, mas disse que muitas pessoas se aproveitavam de um "microfone forte" e de uma "carreira de jogador sem muito brilho", além de falar que era impossível "chamar de atleta alguém com comportamentos no mínimo questionáveis fora dos gramados".

A declaração foi vista na época como um ataque direto a Casagrande, que é assumidamente dependente químico e comemorou ter conseguido passar o período da Copa do Mundo sóbrio.

O programa completo vai ao ar neste sábado, às 22h30, no SporTV.

Neymar ignora polêmica e diz que "não faz sentido" ser o melhor pós-Pelé

UOL Esporte

Futebol