Topo

Após derrota no Mineirão, Sampaoli elogia Ceni: "Grande futuro pela frente"

Do UOL, em São Paulo

18/08/2019 19h12

A derrota do Santos para o Cruzeiro no jogo de hoje (18) no Mineirão, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi marcada por embate tático entre os técnicos Jorge Sampaoli e Rogério Ceni. O experiente treinador argentino, líder do Brasileirão, fez elogios ao colega de profissão - e estreante do dia no banco da Raposa.

"Foi ao Sevilla quando estava se preparando para ser treinador. Tem inquietude e energia para fazer coisas boas. Tem um grande futuro pela frente", afirmou Sampaoli, se referindo ao período em que comandava o time espanhol e quando recebeu visita daquele que ainda era apenas o ex-goleiro que estudava para se tornar técnico.

Após passagens por São Paulo e Fortaleza, Ceni iniciou justamente hoje seu terceiro trabalho na carreira como treinador. E justamente a estreia do técnico do Cruzeiro foi citada por Sampaoli como uma das vantagens da equipe celeste no duelo disputado há pouco contra o Santos.

"Eles tiveram uma emoção extra com o novo treinador. Um time forte que se preparou para a Libertadores. Foi uma circunstância de jogo que favoreceu o Cruzeiro. Estavam fortes emocionalmente. Mas tiveram um jogador a mais e tiveram a capacidade de aproveitar", analisou o técnico argentino, também mencionando a expulsão de Gustavo Henrique, logo aos três minutos de jogo. "O plano se deteriorou e tivemos que fazer modificações para tentar protagonizar com um jogador a menos. O time adversário era muito inquieto e foi um jogo muito difícil", acrescentou, se referindo à tentativa de usar Pará para consertar a deficiência numérica da defesa santista.

Diante da expulsão de Gustavo Henrique, Sampaoli optou por escalar Pará e manter apenas um zagueiro em campo. Ceni rebateu colocando Fred no lugar de Egídio. No intervalo, o técnico santista, aparentemente arrependido, sacou o lateral-direito e decidiu então colocar Luiz Felipe no jogo para formar dupla com Lucas Veríssimo.