Topo

Borja quer ficar, e Palmeiras deve negociar pagamento de R$ 12 milhões

Borja recuperou espaço no Palmeiras após jogos contra o Godoy Cruz na Libertadores - Andres Larrovere / AFP
Borja recuperou espaço no Palmeiras após jogos contra o Godoy Cruz na Libertadores Imagem: Andres Larrovere / AFP

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

16/08/2019 11h01

O Palmeiras deverá negociar com o Atlético Nacional um método para o pagamento dos US$ 3 milhões (cerca de R$ 12 milhões em valores atuais) que terá que fazer ao clube colombiano caso não acerte a venda de Borja até amanhã. O valor é referente aos 30% dos direitos do atacante que ainda pertencem ao seu ex-time. Com Borja recuperando espaço e determinado a ficar para ganhar a Libertadores, mesmo após sondagens de times do exterior, o cenário mais provável é que o centroavante permaneça no alviverde, que tentou vendê-lo sem sucesso durante o ano.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.