Topo

Esporte


Chateado, Neymar pai diz que PSG sabia sobre ausência em reapresentação

Neymar não se reapresentou no PSG - Aurelien Meunier/PSG/Getty Images
Neymar não se reapresentou no PSG Imagem: Aurelien Meunier/PSG/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

08/07/2019 17h37

O pai de Neymar afirmou que o Paris Saint-Germain sabia sobre a ausência do jogador na reapresentação do clube francês. Hoje, o PSG publicou um comunicado para falar que o brasileiro não se reapresentou na hora e local combinados.

"Tínhamos agendas comerciais e institucionais, há cinco anos o instituto faz essas ações e sempre precisamos dessas ações todos os anos. O PSG, na presença do presidente Nasser, inclusive participou dessas ações. Não entendo o porquê da arbitrariedade. Ficamos chateados, mas o PSG estava ciente dessa situação", disse Neymar pai ao Fox Sports. Ainda de acordo com a emissora, o pai do jogador afirmou que o camisa 10 irá se apresentar no dia 15 de julho.

A assessoria de Neymar divulgou uma nota oficial dizendo que o atleta tem compromissos comerciais e institucionais, e que o PSG sabia da agenda.

O UOL Esporte apurou que o brasileiro avisou o PSG que não quer mais jogar pelo clube. O anúncio foi feito em uma reunião telefônica com o novo diretor do clube, o brasileiro Leonardo. Na conversa, o dirigente apresentou o projeto que criou para o PSG. Neymar, então, elogiou as ideias, mas reforçou que seu desejo é sair.

O camisa 10 esteve ontem (07) na decisão da Copa América e assistiu ao jogo entre Brasil e Peru, que terminou com o título brasileiro. Ele marcou presença no Maracanã ao lado do filho, Davi Lucca, e ficou em um camarote.

Parte do elenco do PSG se reapresentou hoje para realizar exames em um hospital francês. Enquanto isso, outra parte dos jogadores se reuniu com o técnico Thomas Tuchel.

Mais Esporte