Topo

Seleção Brasileira


'Reis' do Maracanã: Thiago Silva tenta parar Guerrero em sua segunda casa

Thiago Silva vai voltar a jogar no Maracanã depois de seis anos - Pedro Martins / MoWA Press
Thiago Silva vai voltar a jogar no Maracanã depois de seis anos Imagem: Pedro Martins / MoWA Press

Bruno Grossi, Danilo Lavieri, Marcel Rizzo e Pedro Lopes

Do UOL, no Rio de Janeiro e São Paulo

07/07/2019 04h00

O Maracanã, mesmo sem poder receber mais 100 mil pessoas, ainda é o local a ser desejado pelos jogadores quando se trata de campo de futebol. Dos 11 que Tite deve escalar neste domingo (7) na final da Copa América contra o Peru, um deles tem o estádio como sua segunda casa: Thiago Silva.

O zagueiro já pisou no gramado 86 vezes, a maioria, 83, pelo Fluminense, entre 2007 e 2008, e três pela seleção brasileira, a última em 2013, no título da Copa das Confederações (a vitória de 3 a 0 sobre a Espanha, quando foi o capitão).

O Peru também tem seu "rei" do Maracanã. Paolo Guerrero, atacante de 35 anos com passagens no Brasil por Corinthians, Flamengo e Inter, está longe de alcançar a marca de Thiago Silva, mas tem números muito significativos no Maracanã: 29 partidas, o segundo em campo neste domingo que mais pisou neste gramado. E o que mais fez gols, com 12: dez pelo Flamengo, um pelo Corinthians e outro pela seleção do Peru nesta Copa América, nos 3 a 1 contra a Bolívia, pela primeira fase.

Os 12 gols de Guerrero no Maracanã é o mesmo número que os brasileiros convocados por Tite fizeram na agora arena: Thiago Silva anotou oito em sua longa trajetória pelo Fluminense, Gabriel Jesus três, dois pela seleção olímpica e um pelo Palmeiras, e o zagueiro Marquinhos outro, também pelo time sub-23 nos Jogos do Rio em 2016.

"O Guerrero é um artilheiro, sabe como fazer gol, tem que ter cuidado", disse o atacante Everton, que esteve cinco vezes no Maracanã, todas pelo Grêmio.

Veja como foi o último treino da seleção brasileira na Copa América 2019

UOL Esporte

Tirando Thiago Silva, o restante do time titular que Tite deve colocar em campo neste domingo tem 29 partidas no Maracanã, o mesmo número que Guerrero tem sozinho. Somente um nunca pisou no gramado do estádio: Firmino, vendido pelo Figueirense ao futebol alemão em 2010, fará sua estreia neste domingo.

"O Maracanã vai estar cheio, vai ser um grande dia para todos nós", disse Casemiro, que disse ter um jogo apenas no Maracanã, pelo São Paulo enfrentando o Fluminense.

FICHA TÉCNICA:
BRASIL X PERU

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 7 de julho de 2019, às 17h
Árbitro: Roberto Tobar (Chile)
Assistentes: Christian Schiemann e Claudio Rios (ambos do Chile)
VAR: Julio Bascuñan (Chile)

BRASIL: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho; Gabriel Jesus, Everton e Roberto Firmino.
Técnico: Tite.

PERU: Pedro Gallese, Luis Advíncula, Carlos Zambrano, Luis Abram e Miguel Trauco; Renato Tapia e Yoshimar Yotún; André Carrillo, Christian Cueva e Edison Flores; Paolo Guerrero.
Técnico: Ricardo Gareca.

Mais Seleção Brasileira