Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Jadson vê Corinthians "cascudo" e pronto para impedir sufoco no clássico

Jadson deve ser mantido entre os titulares que jogam o clássico na noite de amanhã - Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Jadson deve ser mantido entre os titulares que jogam o clássico na noite de amanhã Imagem: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

11/06/2019 14h54

Os clássicos na Vila Belmiro geralmente reservam pressão ao Corinthians, e amanhã não deve ser diferente, mas Jadson mostra confiança na experiência do time para evitar que o Santos tome conta da partida. Segundo entrevista coletiva do camisa 10, a prioridade é impedir que haja sufoco parecido com aquele na semifinal do Paulistão, há dois meses.

"Naquele jogo o Santos teve mais posse de bola, criou várias chances. Para nós faltou ficar um pouco mais com a bola, então foi muita pressão do Santos", admite Jadson, referindo-se à classificação nos pênaltis na semifinal estadual. "Mas agora nossa equipe está evoluindo, e vamos chegar neste jogo um pouco melhor, com o time mais cascudo, todo o mundo se entendendo."

De certa forma a tradicional pressão da Vila tem também um componente que pode favorecer o Corinthians: a pressão sobre o próprio Santos. Recentemente houve protestos de torcedores nas portas do vestiário, e o técnico Jorge Sampaoli deixou clara a sua insatisfação. O cenário pode até ajudar, admite Jadson, mas o Timão não pode contar com isso.

"Nós temos que dar o nosso melhor para conseguir títulos para o Corinthians, e lá [no Santos] deve ser da mesma forma. Jogar sob pressão é um pouco mais difícil, é mais tranquilo ir para o jogo de cabeça boa, para fazer o melhor. Mas também não podemos cair nesta armadilha, de que a pressão lá vai facilitar as coisas", afirma o meio-campista.

Nesta temporada já foram quatro clássicos entre Santos e Corinthians, sendo um amistoso e três duelos pelo Paulistão. "Não é normal, mas pelas circunstâncias nós jogamos mais vezes. O Santos é uma equipe qualificada. No Paulista levamos vantagem com a classificação, mas agora é outro campeonato e jogar na Vila Belmiro é difícil", alerta Jadson.

Os duelos na Vila Belmiro não têm sido de boas lembranças para o Timão: no recorte dos últimos dez Santos x Corinthians no estádio, o Peixe venceu sete e só perdeu um. O time de Fábio Carille tenta dar um basta neste retrospecto desfavorável a partir das 21h30 (de Brasília) de amanhã, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

Assista à íntegra da entrevista coletiva de Jadson: