PUBLICIDADE
Topo

Copa do Mundo Feminina - 2019

Vadão elogia ataque da seleção na Copa e não garante Marta no próximo jogo

Denis Balibouse/Reuters
Imagem: Denis Balibouse/Reuters

Do UOL, em São Paulo

09/06/2019 12h49

Classificação e Jogos

Depois de nove derrotas seguidas, a seleção brasileira feminina entrou em campo hoje, em Grenoble, e estreou com vitória na Copa do Mundo. Contra o jovem time da Jamaica, as brasileiras contaram com a estrela de Cristiane e venceram por 3 a 0, com todos os gols marcados pela atacante. Na saída de campo, o técnico Vadão elogiou a performance da equipe.

"Começamos bem, iniciamos bem a partida, tivemos uma vitória muito boa, mas que poderia ter sido elástica. Não pensamos em goleada, mas em saldo de gols. A equipe me deixou satisfeito, uma partida boa e consistente. Fizemos uma partida muito boa", afirmou o treinador.

Sem poder contar com a craque Marta, Vadão mandou a campo um time ofensivo, com Andressa Alves comandando a equipe no meio de campo. Ainda no primeiro tempo, a seleção abriu o placar com Cristiane, em assistência de Andressa. Melhor em campo, a equipe perdeu muitas chances. No segundo tempo, porém, Cristiane marcou outros dois gols, sendo o terceiro em cobrança de falta, e garantiu a vitória e a liderança do Grupo C da Copa do Mundo.

"Tem algumas coisas que pecamos, mas, de uma maneira geral, na média, fizemos uma partida muito boa, com inúmeras chances pra ampliar o placar. Sinal de que tivemos um bom poder ofensivo", acrescentou Vadão.

Vadão comenta conversa com Marta, e não confirma craque no próximo jogo

A presença de Marta no banco de reservas surpreendeu quando Vadão anunciou que a jogadora acompanharia a partida ao lado das companheiras. Segundo o treinador, o pedido partiu da jogadora eleita seis vezes a melhor do mundo.

"Ela queria ficar junto, queria vibrar, chegou até a levantar e cochichar no meu ouvido. Falei pra ela, 'Marta, vou anunciar que você não tem perspectiva de entrar, senão vai ser um inferno'. Vão falar: 'Por que o Vadão não coloca a Marta?'. Foi isso o que aconteceu", afirmou o técnico em entrevista coletiva.

Quando questionado sobre a presença de Marta na próxima partida da seleção, na quinta-feira (13), contra a Austrália, Vadão não garantiu o principal nome da seleção no duelo. Marta recupera-se de lesão muscular na coxa esquerda, e ficou no banco de reservas na estreia da Copa do Mundo.

"Quem escala a Marta hoje é o departamento médico. Espero o aval médico e da preparação física. Gostaria de ter utilizado ela (Marta) hoje. Vamos conversar com o DM e com a própria Marta pra ver se tem condições. Espero que sim, mas aí passo a bola pro departamento médico, posso falar alguma coisa e me equivocar", afirmou Vadão.

Boletim da Copa do Mundo: as pedreiras começam agora

UOL Esporte

Copa do Mundo Feminina - 2019