PUBLICIDADE
Topo

Copa do Mundo Feminina - 2019

Andressa Alves não liga para elogio sobre beleza, mas quer foco em futebol

Elsa/Getty Images
Imagem: Elsa/Getty Images

Ana Carolina Silva

Em Grenoble (FRA)

09/06/2019 13h45

Classificação e Jogos

Um dos principais nomes da seleção brasileira feminina, Andressa Alves teve grande participação hoje (9) na vitória do Brasil sobre a Jamaica, por 3 a 0, na estreia da Copa do Mundo, ao dar duas assistências para Cristiane balançar as redes. Durante a transmissão da TV Globo, o comentarista Caio Ribeiro elogiou a beleza de Andressa, que respondeu ao comentário.

"Agradeço o elogio, um elogio normal, nosso time tem outras jogadoras muito bonitas também. Acho que faz parte do esporte, assim como no masculino, que tem jogadores bonitos. Eu acho o (David) Bekcham lindo, então é normal. Acho que o futebol é o mais importante, independente se a gente é bonita ou não, quando veste a camisa tem que dar o melhor e se esforçar sempre", disse Andressa em entrevista ao UOL Esporte.

Camisa 10 do Barcelona, Andressa teve oportunidade de deixar sua marca na estreia da seleção. No primeiro tempo, a arbitragem assinalou toque de mão dentro da área e pênalti para o Brasil. Na cobrança, Andressa bateu mal, e acabou mandando nas mãos da jovem goleira Schneider. Batedora oficial da seleção, Andressa não se abateu.

"É sempre ruim errar pênaltis. Eu sou a batedora oficial da seleção. Nos treinos, não tinha errado nenhum, isso que é o pior, e acabei errando hoje no jogo. Continuei mantendo meu futebol, consegui dar mais uma assistência para a Cris fazer o segundo gol. É isso, só erra quem bate. A gente não pode se abater, o jogo tinha mais 45 minutos e tinha que ajudar a seleção de outra maneira. Se tiver outro pênalti, vou pegar a bola pra bater. A gente não pode desistir na primeira que a gente falha", avaliou Andressa.

Líder do Grupo C da Copa do Mundo, o Brasil entra em campo na próxima quinta-feira (13), quando enfrenta a Austrália, em Montpellier, às 13h (de Brasília).

Boletim da Copa do Mundo: as pedreiras começam agora

UOL Esporte

Copa do Mundo Feminina - 2019