Topo

Seleção Brasileira


Advogado de Neymar se reúne por 1h com delegada e sai "em silêncio"

Davi Tangerino sai da delegacia após conversar por quase 1h com a delegada - Luiza Oliveira/UOL Esporte
Davi Tangerino sai da delegacia após conversar por quase 1h com a delegada Imagem: Luiza Oliveira/UOL Esporte

Luiza Oliveira

Do UOL, em São Paulo (SP)

03/06/2019 17h39

O advogado que representa Neymar no caso do suposto estupro contra uma mulher de 26 anos, ocorrido no último dia 15, em Paris, se reuniu hoje (03) durante quase 1h com a delegada Juliana Lopes Bussacos, da 6ª delegacia da Defesa da Mulher, em São Paulo. Davi Tangerino esteve acompanhado de uma mulher e evitou qualquer pronunciamento sobre o caso para a imprensa.

"Está em segredo de justiça e não há o que se comentar no momento. Respeito o trabalho de vocês [jornalistas], mas respeitem o meu também. Não há nada a ser falado", declarou o advogado.

O membro da defesa de Neymar chegou por volta das 16h25 (de Brasília) e conversou com a delegada responsável por assinar o Boletim de Ocorrência de estupro contra Neymar.

Davi Tangerino saiu depois das 17h15 e fugiu do assédio dos cerca de 15 jornalistas que estavam de plantão na delegacia. Às 17h30, Tangerino deixou o local em um carro.

Não houve qualquer citação sobre o teor da conversa com a delegada. Qualquer pronunciamento mais detalhado do advogado só será realizado sob a anuência da família de Neymar; hoje, por exemplo, o pai do jogador do Paris Saint-Germain falou sobre o caso em entrevista à TV Bandeirantes.

As declarações de Neymar pai, inclusive, são as únicas iniciativas públicas da defesa de Neymar no momento. O post do camisa 10 da seleção no Instagram, que continha detalhes da conversa com a mulher e fotos íntimas, acabou apagado pela própria rede social, sob a alegação de "violação dos padrões da comunidade do aplicativo."

Mais Seleção Brasileira