Topo

Renato cria desafio e oferece folga no recesso em troca de metas no Grêmio

Jeferson Guareze/AGIF
Imagem: Jeferson Guareze/AGIF

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

08/05/2019 13h01

O Grêmio multicampeão dos últimos anos venceu na bola, com futebol que encheu os olhos em muitos momentos, mas também graças a recursos extracampo. Um dos artifícios que Renato Gaúcho mais explorou de 2016 para cá foi o lado psicológico do grupo de jogadores, e essa faceta do treinador está de volta. Hoje, diante da Universidad Católica, o elenco gremista abre período de nove jogos com três metas a serem cumpridas para receber prêmio em junho.

Grêmio e Universidad Católica se enfrentam na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, às 19h15 (horário de Brasília), pela última rodada do grupo H da Libertadores.

O método é simples: ação e recompensa. Renato já usou esse expediente inúmeras vezes no dia a dia do Grêmio e na maioria delas sequer houve revelação à opinião pública. Agora, o recurso não só foi citado diante dos microfones como também se tornou um elemento vital para afastar a instabilidade e decolar na temporada.

"O que eu combinei com meu grupo: eles têm três tarefas até a Copa América e a folga deles (logo no início do recesso para disputa do torneio de seleções) vai depender disso. As tarefas são classificar na Libertadores, se recuperar no Campeonato Brasileiro e classificar na Copa do Brasil. Como eu confio muito no meu grupo, acredito que essas três coisas vão acontecer", disse o treinador.

A agenda do Grêmio já conta com período de folga geral. Logo depois da partida diante do Botafogo, no Rio de Janeiro, o clube concederá 10 dias de descanso aos jogadores e funcionários do departamento de futebol. O desafio de Renato ao elenco é para manter as quase duas semanas de liberação dos treinos.

"Clube grande é muito cobrado, até pelo nosso elenco, mas não vamos ganhar todos. Estamos no caminho certo. Disputamos um título e ganhamos, invicto", declarou Renato ao lembrar a conquista do Campeonato Gaúcho.

Contra a Universidad Católica, o Grêmio pode atingir a primeira meta. Depois, entra em campo seis vezes pelo Campeonato Brasileiro e, em meio aos jogos pelo país, encara o Juventude nas oitavas de final da Copa do Brasil. Nove jogos pela frente, em 36 dias, e três metas a serem batidas.

Confira a lista de jogos do Grêmio até o recesso

U. Católica (C) - 8/05
Corinthians (F) - 11/05
Juventude (F) - 16/05
Ceará (F) - 19/05
Atlético-MG (C) - 26/05
Bahia (F) - 01/06
Juventude (C) - 04/06
Fortaleza (C) - 08/06
Botafogo (F) - 12/06

Grêmio