PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Após 11 jogos, Palmeiras segue sem uma virada sob o comando de Felipão

Palmeiras foi derrotado pelo San Lorenzo por 1 a 0 na Libertadores - Cesar Greco/Agência Palmeiras
Palmeiras foi derrotado pelo San Lorenzo por 1 a 0 na Libertadores Imagem: Cesar Greco/Agência Palmeiras

Danilo Lavieri e Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

03/04/2019 12h00

A terceira passagem de Luiz Felipe Scolari pelo Palmeiras já trouxe um título brasileiro e chegadas às semifinais da Libertadores e da Copa do Brasil, mas uma situação segue como a pedra no sapato do experiente treinador: levar o primeiro gol. Sempre que saiu atrás no marcador, o time alviverde não conseguiu a vitória, como foi o caso na derrota por 1 a 0 para o San Lorenzo ontem, em Buenos Aires.

Nos 11 jogos em que saiu perdendo sob o comando de Felipão desde o ano passado, o Palmeiras não conseguiu nenhuma virada. Foram seis empates e cinco derrotas. Duas dessas partidas, aliás, causaram a eliminação na Libertadores do ano passado, quando a equipe perdeu do Boca Juniors por 2 a 0 na Bombonera e não passou de um 2 a 2 em casa no jogo da volta.

É claro que cada partida teve sua característica específica, mas um cenário em comum tem sido a dificuldade do Palmeiras para criar chances quando o adversário tem a vantagem no placar. Contra defesas mais fechadas e equipes concentradas em não ceder o empate, o time muitas vezes abre mão de trabalhar jogadas e abusa das bolas longas e cruzamentos. Isso voltou a acontecer contra o San Lorenzo, quando o Verdão só assustou na bola aérea no segundo tempo.

"Faltou definir, chutar a bola no gol", reclamou Felipão. "Ninguém arriscava. Não adianta nada, temos que ter vontade de fazer o gol. Não tivemos hoje. Não fizemos um jogo normal, que é o jogo do Palmeiras, e pagamos caro. Faltou profundidade, trabalhar a bola bem do meio para a frente. Tivemos uma ou outra chance, mas não foi o Palmeiras que eu gosto, não".

O Palmeiras sofreu o gol aos 5 minutos do segundo tempo. A aposta de Felipão para buscar o resultado foi colocar Raphael Veiga no lugar de Felipe Pires, mas o meia praticamente não teve participação em lances de perigo. A chance mais clara aconteceu já no final, em cobrança de escanteio que Gustavo Gómez cabeceou para defesa do goleiro.

Apesar da dificuldade em buscar viradas, o time de Felipão tem se notabilizado também por tomar poucos gols e segurar a maioria das vitórias quando abre o placar. Dos 50 jogos sob o comando da comissão técnica de Scolari, em 30 o Verdão não foi vazado. Contra ou a favor, o primeiro gol em jogos do Palmeiras tem tido grandes chances de definir quem sai com o resultado favorável. O próximo desafio acontece no domingo, dia 7, contra o São Paulo, pelo jogo de volta das semifinais do Campeonato Paulista.

Os 11 jogos em que o Palmeiras saiu perdendo com Felipão

30/08/18 - Palmeiras 0 x 1 Cerro Porteño (Libertadores)
12/09/18 - Palmeiras 0 x 1 Cruzeiro (Copa do Brasil)
16/09/18 - Bahia 1 x 1 Palmeiras (Brasileiro)
26/09/18 - Cruzeiro 1 x 1 Palmeiras (Copa do Brasil)
24/10/18 - Boca Juniors 2 x 0 Palmeiras (Libertadores)
31/10/18 - Palmeiras 2 x 2 Boca Juniors (Libertadores)
11/11/18 - Atlético-MG 1 x 1 Palmeiras (Brasileiro)
18/11/18 - Paraná 1 x 1 Palmeiras (Brasileiro)
02/02/19 - Palmeiras 0 x 1 Corinthians (Paulista)
23/03/19 - Novorizontino 1 x 1 Palmeiras (Paulista)
02/04/19 - San Lorenzo 1 x 0 Palmeiras (Libertadores)

Palmeiras