PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Lucas Silva vira moeda para Real Madrid e vive últimos meses no Cruzeiro

Vinnicius Silva/Cruzeiro
Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

15/03/2019 04h00

Prata da casa do Cruzeiro e peça importante em títulos da Copa do Brasil e Brasileirão, o volante Lucas Silva não deve mesmo continuar no time após terminar seu período de empréstimo no meio do ano. O Real Madrid não tem a intenção de aproveitá-lo na próxima temporada com o técnico Zidane, mas pretende negociar o jogador para arrecadar fundos e usá-lo para auxiliar nas futuras contratações galácticas.

Lucas foi emprestado pelo Real Madrid em julho de 2017, e o Cruzeiro ainda conseguiu estender seu vínculo no ano seguinte. O atual contrato do jogador com o time espanhol é válido até o meio de 2020, e o Real não pretende deixá-lo novamente no Brasil. Mas o time merengue tampouco irá aproveitá-lo na equipe. De acordo com a imprensa local, o clube quer arrecadar 150 milhões de euros negociando atletas que não serão aproveitados por Zidane. Lucas Silva, James Rodríguez, Mateo Kovacic e Martin Odegaard se encaixam neste quesito.

Desta forma, para o Cruzeiro ficar com o jogador, terá que adquiri-lo em definitivo, algo que dificilmente acontecerá. Há dois motivos para isso. O primeiro é que o clube precisaria desembolsar uma alta quantia pelo jogador que hoje não é mais titular de Mano Menezes, além de ter uma forte concorrência até mesmo entre os suplentes. Vale lembrar que Lucas deixou a Toca da Raposa pelo valor de 14 milhões de euros, e o Real vai querer recuperar pelo menos parte dessa grana. O segundo motivo é que, apesar do carinho pela equipe mineira, o jogador nunca escondeu seu desejo de voltar à Europa. Quando esteve por lá, não conseguiu se firmar na Espanha e acabou emprestado ao Olympique de Marselha. Por causa de um suposto problema cardíaco, teve sua transferência para o Sporting de Portugal arruinada, e perdeu espaço no velho continente.

Em recentes entrevistas, Mano Menezes também já havia dado indícios de um futuro incerto de Lucas Silva no meio-campo do Cruzeiro. Titular do time até o ano passado, o jogador não mais figura entre seus prediletos. Hoje o meio-campo defensivo da Raposa é formado por Henrique e pelo xará Lucas Romero. Na reserva, o treinador ainda tem Ariel Cabral, que já foi intocável no time, além do recém contratado Jadson. Correndo por fora ainda tem o garoto Éderson, de 19 anos e já promovido ao elenco profissional.

Cruzeiro