PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Em clima de fim de festa, PSG vence em 1º jogo após eliminação na Champions

Jogadores do PSG comemoram gol diante do Dijon pelo Campeonato Francês 2018/2019 - Emmanuel Foudrot/Reuters
Jogadores do PSG comemoram gol diante do Dijon pelo Campeonato Francês 2018/2019 Imagem: Emmanuel Foudrot/Reuters

Do UOL, em São Paulo

12/03/2019 16h50

O PSG não teve dificuldades em sua primeira partida após a eliminação na Liga dos Campeões. Hoje, a equipe visitou o Dijon, pelo Campeonato Francês, e venceu por um confortável 4 a 0. O clima, contudo, parecia de fim de festa.

A frustração com a eliminação do torneio obsessão do PSG era evidente. Em entrevista antes da partida, o técnico Thomas Tuchel disse que muitos jogadores queriam férias por causa da decepção, mas era necessário "se comportarem como campeões".

Nas arquibancadas, o clima não era melhor que esse. Durante um dos treinos, os torcedores começaram a vaiar a equipe. Os zagueiros Marquinhos e Thiago Silva chegaram a conversar com os fãs para tentar acalmar os ânimos.

Dentro de campo, a decepção era evidente. O sorriso não aparecia nos rostos nem quando Mbappé aproveitou cruzamento de Kurzawa e mandou para os fundos das redes, marcando o segundo gol da partida contra o Dijon. Antes disso, Marquinhos havia aberto o placar. Alguns abraços, mas nenhuma comemoração efusiva por parte do líder do campeonato.

Bastante superior ao Dijon, o PSG marcou pela terceira vez com Ángel Di María. O argentino, também muito criticado na eliminação na Liga dos Campeões, cobrou falta no canto esquerdo do goleiro Runarsson e aumentou o placar para os visitantes. O quarto gol foi anotado por Choupo-Moting.

A partida desta terça-feira era atrasada da 18ª rodada do Campeonato Francês. O resultado deixou o PSG ainda mais líder, com 74 pontos, 17 a mais que o Lyon. Já o Dijon está na zona de rebaixamento, com 21 pontos, seis a menos que o Monaco.

O próximo compromisso do PSG será contra o Olympique de Marselha, neste domingo (17). Já o Dijon terá pela frente o Guingamp, um dia antes.

Neymar treina em academia durante recuperação

UOL Esporte

Esporte