PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Categorias atingidas por incêndio se reapresentam com sobreviventes no Fla

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

11/03/2019 10h27

As categorias sub-14 e sub-17 do Flamengo se reapresentaram hoje na sede Gávea. Mais de um mês depois do incêndio no CT Ninho do Urubu, os jovens estiveram no clube para uma reunião com os responsáveis pela base e divulgação da programação de treinamentos. Todos os sobreviventes da tragédia marcaram presença.

O incêndio vitimou dez meninos e feriu outros três. Cauan Emanuel e Francisco Dyogo voltaram aos trabalhos no Flamengo depois de um período internados no hospital Vitória, na Barra da Tijuca. O último sobrevivente ainda sendo cuidado no hospital é Jhonata Ventura, que segue sem previsão de alta, mas evolui no tratamento.

Os outros 13 jovens que escaparam do incêndio sem ferimentos também se reapresentaram para o início dos treinamentos preparatórios da temporada. Não houve atendimento aos jornalistas e o clube trata com cautela os próximos passos.

A preparação da base será realizada no CT do Audax, em São João de Meriti. Apenas a categoria sub-20 já havia se reapresentado e tem jogos agendados para a semana. Na quinta-feira, enfrenta o Ceilândia, pela Copa do Brasil.

Até o momento, a diretoria do Flamengo fechou acordo de indenização com apenas uma família das vítimas da tragédia. Outras cinco conversam com o clube e têm reuniões agendadas para o decorrer da semana. O Rubro-negro espera anunciar novos acertos em breve depois que o caso não evoluiu em mediações realizadas pelo Ministério Público, Defensoria Pública e Tribunal de Justiça.

Flamengo