PUBLICIDADE
Topo

Ceará

Lisca chama técnico adversário de "babaca", diz jornal: "Fica em campo"

Lisca observa time do Ceará durante jogo - Pedro Vale/AGIF
Lisca observa time do Ceará durante jogo Imagem: Pedro Vale/AGIF

Do UOL, em Santos (SP)

07/03/2019 18h25

O técnico Lisca se envolveu em uma polêmica no empate por 1 a 1 entre Ceará e Atlético-CE, na noite de ontem, no Castelão. De acordo com o jornal O Povo, o treinador do time cearense chamou Luan Carlos, comandante da equipe adversária, de 'babaca'.

O Ceará vencia a partida até os minutos finais, mas acabou cedendo o empate ao Atlético-CE. Segundo relatos dos profissionais de rádio presentes no estádio, Lisca não gostou da forma como o treinador adversário comemorou o gol.

Ainda segundo o jornal, a situação teria acontecido ainda na saída do gramado após o apito final, quando a imprensa aguardava a chegada dos jogadores para entrevista. 'Ao fundo, Lisca teria passado em direção ao túnel de acesso aos vestiários e soltado a ofensa', diz.

Em entrevista coletiva após a partida, Lisca não negou a ofensa, mas fez elogios ao treinador adversário.

"Não chateou nada, só achei ele, durante o jogo todo, muito participativo, reclamando muito, mas ele tem todo direito. Ganhou um jogo do Fortaleza, empatou outro com equipe de maior orçamento, então ele tem o direito dele. Se ele ficou chateado, que aquilo fique dentro do campo e vamos embora, vida que segue. Ele está fazendo um grande trabalho, o Atlético também, é um treinador de bom futuro e espero que ele seja feliz na sequência", disse.

Com oito pontos em cinco jogos e vitória por 2 a 1 sobre o Fortaleza de Rogério Ceni, o Atlético-CE ocupa a terceira colocação da segunda fase do Campeonato Cearense. O Ceará de Lisca é o líder, com 11 pontos.

Ceará