PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Bateu a nostalgia: tricolores pedem "Hernanes de 2017" e culpam até a China

Hernanes até apareceu bastante contra o Bragantino, mas teve pouca participação em lances perigosos - Fábio Moraes/Futura Press/Estadão Conteúdo
Hernanes até apareceu bastante contra o Bragantino, mas teve pouca participação em lances perigosos Imagem: Fábio Moraes/Futura Press/Estadão Conteúdo

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

04/03/2019 04h00

Hernanes é, ou deveria ser, o principal jogador do São Paulo em 2019. É dele que se espera jogadas de efeito, visão de jogo diferenciada, alta criatividade no meio-campo... Por enquanto, nada disso tem acontecido. Na vitória por 2 a 0 sobre o Bragantino, ficou claro que o camisa 15 não está em sua forma física ideal. E a os torcedores já estão com saudades de 2017.

Foi naquele ano que Hernanes rendeu melhor no São Paulo, a ponto de praticamente todas as jogadas passarem por seus pés. Foram nove gols marcados nos 19 jogos em que atuou naquele ano, uma média absurda para um meio-campista. Desta vez, no entanto, o que se vê do ídolo não passa de uma sombra do que ele é capaz de fazer.

"Eu não tive tempo ainda para trabalhar como eu gosto de trabalhar. Agora teremos tempo, com duas semanas cheias [para treinar]. Com certeza nos próximos dois jogos conseguirei alcançar o topo da forma".
Hernanes

A culpa é dos chineses?

Em 2018 Hernanes jogou apenas 14 partidas na temporada inteira em que esteve no Hebei Fortune, um número impensável para o calendário como o brasileiro. Não à toa, alguns torcedores têm relacionado o mau início de temporada do meio-campista com a sua ida recente ao Oriente. Afinal, aos 33 anos, ele já não é o mesmo de sua última passagem.

Meia joga com dores

Desfalque na partida anterior por conta de uma pubalgia, Hernanes voltou ao time com missão de reorganizar o meio-campo contra o Bragantino. Até foi bastante acionado, mas teve pouco protagonismo porque errou mais do que acertou: oscilou entre boas jogadas e erros simples que não costuma cometer. Ao final, o técnico interino Vagner Mancini deu uma provável explicação pelo baixo ritmo do jogador.

"Ainda não está zerado totalmente da dor que sente. Então, entra em campo um pouco impossibilitado de fazer alguns movimentos".
Vagner Mancini

Profeta conta com a paciência da galera

Hernanes - Fábio Moraes/Futura Press/Estadão Conteúdo - Fábio Moraes/Futura Press/Estadão Conteúdo
Imagem: Fábio Moraes/Futura Press/Estadão Conteúdo
A idolatria com Hernanes o permite atravessar a má fase com o torcedor ao seu lado. São raros os comentários que criticam o meio-campista. No geral, ele é bastante exaltado nas redes sociais. Há muito mais mensagens de apoio do que de reclamações, o que dá um termômetro de colaboração da torcida com o jogador.

Reveja os gols da vitória do São Paulo sobre o Bragantino

Gols UOL Esporte

Qual deve ser o posicionamento de Hernanes no São Paulo?

Resultado parcial

Total de 1835 votos
17,38%
Ale Cabral/AGIF
29,65%
Rubens Chiri/saopaulofc.net
52,97%
Marcello Zambrana/AGIF
Total de 1835 votos

São Paulo