PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

São Paulo bate Red Bull em jogo-treino com Diego Souza e Nenê

O meia Nenê, de 37 anos, é alvo do Fluminense desde o início desta temporada - Marcello Zambrana/AGIF
O meia Nenê, de 37 anos, é alvo do Fluminense desde o início desta temporada Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Bruno Grossi e Flávio Latif

Do UOL, em São Paulo

26/02/2019 18h05

O São Paulo voltou a treinar hoje, após um dia de folga, no CT da Barra Funda. A atividade foi dividida em dois períodos, com um jogo-treino contra o Red Bull Brasil disputado durante a tarde. Curiosamente, o time de Campinas foi rival do Tricolor no domingo passado. Os veteranos Diego Souza e Nenê, que podem ser negociados, participaram de todo o trabalho, que terminou com vitória são-paulina por 1 a 0.

Quem foi titular no 0 a 0 de domingo contra o Red Bull ficou apenas no Reffis. A exceção foi Gonzalo Carneiro, expulso ainda no primeiro tempo no fim de semana. Assim, o técnico interino Vagner Mancini escalou a equipe reserva com Jean, Lucas Kal, Jucilei e Rodrigo; Bruno Peres, Everton Felipe, Gómez, Nenê e Edimar; Carneiro e Diego Souza.

Jucilei atuou como líbero no novo esquema com três zagueiros. Ele comandou a saída de bola do time e teve bom desempenho. Essa função já havia sido exercida pelo volante nos tempos de Shandong Luneng, da China, quando Cuca foi seu técnico. Agora, eles voltarão a trabalhar juntos no São Paulo.

O gol do jogo-treino foi marcado por Everton Felipe, que fez jogada individual pela esquerda e bateu de canhota, rasteiro, no canto direito do goleiro do Red Bull. No segundo tempo, Mancini trocou Kal por Walce e Carneiro por Igor Gomes. O zagueiro e o meia estão iniciando os trabalhos no elenco profissional em 2019 depois da disputa do Sul-Americano Sub-20 com a seleção brasileira.

Em outro campo, cinco atletas que se recuperam de lesão fizeram treino físico com o preparador Wellington Valquer: os volantes Willian Farias, Araruna e Liziero, o meia Hernanes e o atacante Brenner. O Profeta e Willian são os dois mais próximos de serem liberados para as atividades com o resto do grupo.

São Paulo