PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Sarrafiore decide, Inter vence o Avenida-RS e encosta no Grêmio

Ricardo Duarte/SC Internacional
Imagem: Ricardo Duarte/SC Internacional

Do UOL, em Porto Alegre

24/02/2019 18h56

O Internacional venceu o Avenida-RS, hoje, em Santa Cruz do Sul por 1 a 0. A vitória em partida da oitava rodada do Gauchão foi garantida por Martin Sarrafiore, que entrou no segundo tempo e transformou o volume vermelho em vantagem no placar. Antes, a equipe já havia perdido um pênalti e acertado o travessão. Com o resultado, o time colorado encosta no rival Grêmio.

Agora, o Inter soma 16 pontos e fica apenas um atrás do Grêmio. O time comandado por Renato Gaúcho joga nesta segunda-feira (25), contra o Veranópolis, em Porto Alegre.

Na próxima rodada, o Internacional recebe o Aimoré e o Avenida visita o Novo Hamburgo. O time colorado entra em campo antes, pela Libertadores. No dia 6 de março a equipe enfrenta o vencedor do duelo Talleres-ARG e Palestino-CHI, fora de casa, pelo grupo A.

Quem decidiu: Martin Sarrafiore

Jovem argentino entrou no lugar de William Pottker e marcou com menos de um minuto em campo. Com ele, o Inter ganhou mais opção de passe pelo centro e o volume ficou mais efetivo. Depois do gol, o camisa 29 ainda tentou outras duas vezes.

Quem foi bem: Fabiano

Goleiro do Avenida defendeu pênalti cobrado por Neilton e ainda fez grande defesa em cabeceio de Patrick. No lance do gol, saiu para abafar primeira finalização.

Inter cria pouco, mas não corre riscos

O Inter repetiu, em doses maiores, as dificuldades que já apresentou neste ano. Sem Edenilson, D'Alessandro e Nico López a criação ofensiva ficou ainda mais pobre e faltou criatividade para gerar chances de gol. A prova do cenário está nas estatísticas.

No primeiro tempo, o Internacional teve duas chances de gol. Uma em cobrança de pênalti com Neilton, defendida por Fabiano, e outra em finalização de Iago. 

Avenida não repete jogo que fez com Corinthians

Na quarta-feira, em São Paulo, o Avenida abriu 2 a 0 com 10 minutos contra o Corinthians, pela Copa do Brasil (partida terminou 4 a 2 para o time paulista). Diante do Inter, o time de Santa Cruz do Sul não repetiu a exibição. Mesmo compacto atrás, a equipe não conseguiu fazer transições rápidas e assustou muito pouco no jogo. Na etapa final, ficou ainda mais atrás.

Moledo faz gol de mão

Se com bola rolando o Inter foi quase inofensivo, na bola parada houve algum perigo. Rodrigo Moledo saltou mais alto que os marcadores e desviou para o fundo da rede do Avenida. O gol, após cobrança de escanteio, acabou anulado por conta de um evidente toque de mão do zagueiro na bola. O desvio com o punho sequer foi argumentado pelo time colorado.

Neilton cobra pênalti com paradinha e erra

O primeiro tempo tedioso ficou agitado aos 39 minutos, quando Zeca invadiu a área e se chocou com Claudinho. O camisa 4 do Avenida enroscou as pernas com o lateral do Inter e o pênalti foi marcado. Na cobrança, Neilton bateu no canto esquerdo inferior e Fabiano salvou.

Segundo tempo tem pressão do Inter e gol

O segundo tempo do Inter foi bem melhor. Mais contundente, o time acumulou chances com conclusões que começaram sendo de fora da área. Depois, houve cabeceio de Patrick e ainda chute na trave. Claramente orientada a arriscar mais, a equipe ficou ainda mais aguda com as trocas realizadas.

Martin Sarrafiore foi o segundo jogador a entrar em campo e rapidamente fez o gol. O camisa 29 se posicionou dentro da área e concluiu após jogada da linha de fundo do lado esquerdo. O chute ainda desviou no meio do caminho antes de entrar.

FICHA TÉCNICA

AVENIDA 0 X 1 INTERNACIONAL

Data e hora: 24/02/2019 (Domingo), às 17h (Brasília)
Local: estádio dos Eucaliptos, em Santa Cruz do Sul (RS)
Árbitro: Daniel Nobre Bins
Auxiliares: Tiago Augusto Kappes Diel e Fabrício Lima Baseggio
Cartões amarelos: Felipe Manoel, Marcos Paraná, Jô (AVE); Rodrigo Moledo, Pedro Lucas, Cuesta (INT)
Gol: Sarrafiore, aos 29 minutos do segundo tempo (INT)

AVENIDA: Fabiano Heves; Felipe Cordeiro, Claudinho, Yuri e Márcio; Jô, Felipe Manoel (Cleverson), Marcos Paraná (Alexandre) e Welder; Flávio Torres e Tito (Moisés)
Técnico: Fabiano Daitx

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Nonato, Patrick, Neilton (Guilherme Parede) e Pottker (Sarrafiore); Pedro Lucas (Rafael Sobis)
Técnico: Odair Hellmann

Internacional