PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Presidente do Atlético-MG diz que cumpriu prazo em lista da Libertadores

Sérgio Sette Câmara, presidente do Atlético-MG - UOL
Sérgio Sette Câmara, presidente do Atlético-MG Imagem: UOL

Do UOL, em Belo Horizonte

20/02/2019 23h04

O Atlético-MG pode ser punido pela Conmebol por ter supostamente enviado de forma irregular a lista de inscritos para a Libertadores. Entretanto, a diretoria não teme uma sanção e diz que fez tudo de forma correta ao inscrever os atletas para o torneio continental.

"O Atlético cumpriu o prazo. Não tem absolutamente nenhum problema. Nós enviamos a lista no dia 1º de fevereiro. Enviamos com 24 horas de antecedência. Se existe algum problema, pode ser da CBF e da Conmebol", afirmou o presidente Sérgio Sette Câmara.

O Galo não é o único que teria apresentado problemas na inscrição de atletas de acordo com a Conmebol. Além do clube, São Paulo, Universidad de Chile, Palestino (CHI) e Libertad (PAR) também apresentaram supostas irregularidades, conforme a entidade que rege o esporte na América do Sul.

O Atlético estreou no torneio em 5 de fevereiro. Na ocasião, o time empatou em 2 a 2 com o Danubio, do Uruguai. Os comandados de Levir Culpi iniciaram a caminhada na Copa Libertadores na segunda fase do torneio.

Atlético-MG