PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Mano crê que Cruzeiro mereceu empate com América-MG: "Placar foi justo"

Mano Menezes, técnico do Cruzeiro, faz análise de empate com o América-MG - Vinnicius Silva/Cruzeiro
Mano Menezes, técnico do Cruzeiro, faz análise de empate com o América-MG Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Do UOL, em Belo Horizonte

17/02/2019 20h11

Mano Menezes crê que o Cruzeiro mereceu o empate sem gols com o América-MG na tarde de hoje. O treinador pensa que o elenco não teve atuação convincente no duelo válido pela sétima rodada do Campeonato Mineiro.

Perguntado se concordava com a opinião de Givanildo Oliveira, treinador do Coelho, o gaúcho que está à frente da Raposa desde julho de 2016 comentou:

"Em relação à opinião do Givanildo, eu concordo. Acho que o placar do jogo foi justo. A gente fez um primeiro tempo um pouco melhor, mas teve dificuldades no segundo. Achei justo. Proporcionamos muito pouco ao América. Talvez o clássico de hoje tenha sido mais clássico que os outros, com poucas oportunidades. Não acho que seja pelo campo, embora alguns lances tenham apresentado dificuldade pela velocidade da bola, pela água", comentou. 

"Esbarramos em alguns problemas nossos do jogo em si, em algumas tomadas de decisão equivocadas. São jogos que servem para a gente ir analisando as coisas e vendo onde melhorar. Se não vencemos os dois clássicos, é um bom parâmetro", acrescentou.

O treinador crê que jogos como o clássico do fim de semana dão outro parâmetro para o elenco na disputa da temporada.

"São esses jogos que vão dando um parâmetro mais próximo do que é a necessidade da temporada. Ainda falta um pouco de competitividade para a equipe e algumas alternativas que precisamos trabalhar um pouco mais, jogadas ensaiadas. Teve um número bastante grande de bola alçada nas laterais. Nós temos que chegar, temos jogadores de qualidade, de estatura. Às vezes, quando o jogo está parelho, como estava, tem que apertar", comentou.

Cruzeiro