PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Atlético-MG confia em Papagaio como sombra do artilheiro Ricardo Oliveira

Daniel Vorley/AGIF
Imagem: Daniel Vorley/AGIF

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

16/02/2019 04h00

Rafael Papagaio chegou ao Atlético-MG anteontem e já assinou o contrato. Registrado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, o jovem atacante terá uma missão complicada: ser a sombra de Ricardo Oliveira, artilheiro do país neste início de temporada com nove gols em cinco jogos.

Aos 19 anos, o atacante, que foi reserva de Lincoln, do Flamengo, na seleção brasileira durante o Sul-Americano Sub-20, terá que mostrar que pode render tanto quanto o veterano que ostenta o rótulo de titular no time de Levir Culpi.

Emprestado ao Galo até dezembro de 2019, o jovem precisará de uma boa sequência de atuações, o que ainda não teve após a profissionalização, para receber oportunidades frequentes em Belo Horizonte.

Pelo Palmeiras, ele disputou seis partidas na temporada passada e marcou apenas um gol. O contraste com a sua despedida do sub-20 do clube é grande. Em seu último ano nas divisões de base, ele fez 32 jogos e marcou o mesmo número de gols.

O bom desempenho nas categorias inferiores faz com que ele tenha respaldo em Belo Horizonte. A confiança de que pode render no Atlético fez com que a cúpula firmasse uma multa de 3,5 milhões de euros (R$ 14,6 milhões) para adquirir 50% de seus direitos econômicos até novembro deste ano.

À espera do atleta desde o fim de 2018, Levir Culpi explica que ele ainda não reúne condições de entrar em campo.

"A expectativa dele está toda com o departamento médico. Ele teve uma torção relativamente grave. Ele é muito jovem e está querendo jogar, mas vai depender do departamento médico. Eles estão com a palavra neste momento. Está muito cedo para ele ir a campo", comentou.

Rafael Papagaio deve começar a atuar pelo Atlético-MG em março. Caso o time vença o Defensor Sporting na disputa por uma vaga na fase de grupos da Libertadores, o jogador será inscrito na competição continental. 

Atlético-MG