PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mourinho afirma que já se escondeu em cesto de roupa para burlar suspensão

Nathan Stirk/Getty Images
Imagem: Nathan Stirk/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

20/01/2019 11h39

Demitido do Manchester United em dezembro, o técnico português José Mourinho lembrou-se do dia em que se escondeu em um cesto de roupas para encontrar os jogadores no vestiário quando comandava o Chelsea.

O português estava suspenso pela Uefa em jogo das quartas de final da Liga dos Campeões de 2005 entre Chelsea e Bayern de Munique e, portanto, não poderia estar no estádio.

Leia também

Em entrevista na "beIN Sports", Mourinho disse que havia se escondido em uma cesta de roupas.

"Eu precisava estar com os meus jogadores e eu fiz isso sim", disse o português. "Eu fui ao vestiário durante o dia, então eu estava ao meio-dia e o jogo era à 19h. Eu só queria estar no vestiário quando os jogadores chegassem. Eu fui lá e ninguém me viu. O problema era para sair depois. E o roupeiro me colocou na cesta de roupas sujas. Estava um pouco aberto para que eu pudesse respirar", afirmou.

A aventura do técnico quase foi descoberta pela Uefa. Segundo o treinador, membros da organização procuraram por Mourinho no estádio.

"Quando ele [roupeiro] estava me levando para fora do vestiário, os funcionários da Uefa estavam seguindo e desesperados para me encontrar, então ele fechou a caixa e eu não conseguia respirar. Quando ele abriu a caixa eu estava morrendo", afirmou.

O caso contado por Mourinho vem à tona no momento em que se discute a espionagem por parte do argentino Marcelo Bielsa no Leeds.

Futebol