PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Sampaoli diz que não há lugar para Eduardo Sasha no Santos: "está liberado"

"Não encontramos um lugar para o Sasha ainda", disse treinador do Santos - Thiago Calil/AGIF
'Não encontramos um lugar para o Sasha ainda', disse treinador do Santos Imagem: Thiago Calil/AGIF

João Henrique Marques

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

18/01/2019 12h09

O atacante Eduardo Sasha está liberado para buscar outro clube. Isso foi o que avisou o treinador Jorge Sampaoli logo após o treinamento do Santos na manhã desta sexta-feira (18).

O jogador nem foi inscrito para o Campeonato Paulista. A estreia da equipe será neste sábado, diante da Ferroviária, na Vila Belmiro.

"Os jogadores estão todos liberados para negociar. Não encontramos um lugar para o Sasha ainda. E capacidade claro que tem, por isso que o Santos o comprou. Não podemos mentir para o jogador e hoje ele não tem uma definição esportiva. Agora vai tomar uma decisão se luta para ficar aqui, ou busca outro caminho", disse Sampaoli.

Leia também:

Sasha foi contratado pelo Santos no ano passado em troca envolvendo o lateral direito Zeca com o Internacional. O jogador teve queda de rendimento no segundo semestre, mas a decisão de Sampaoli é surpreendente.

Sasha tem contrato com o Santos até o fim de 2022. A diretoria prefere trabalhar com a venda do jogador, mas não descarta a possibilidade de empréstimo.

Caso de Derlis González

Outro jogador não inscrito por Sampaolli foi o paraguaio Derlis Gonzáles. A situação do atacante foi colocada como diferente do caso Sasha.

"O Derlis manifestou o desejo de seguir carreira em outro lugar. Como não temos certeza que isso vai acontecer, preferimos esperar e resolver isso depois da inscrição", destacou.

Futebol