PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ferj inaugura sala de treinamento de VAR para o Carioca em sua sede

Ferj inaugurou sala de treinamento de VAR para os árbitros do Carioca - Divulgação / Ferj
Ferj inaugurou sala de treinamento de VAR para os árbitros do Carioca Imagem: Divulgação / Ferj

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

17/01/2019 10h10

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) inaugurou na sede da entidade uma sala para o treinamento dos protocolos do VAR.

A iniciativa, inédita entre as federações nacionais, será usada apenas para simulações, mas não estará ativa nas partidas, que terão o controle do árbitro de vídeo em salas nos estádios.

Vale lembrar que a Ferj assinou um contrato de dois anos com a empresa Hawk-Eye e disponibilizará o serviço já a partir desta edição do Campeonato Carioca que se inicia neste fim de semana.

Serão 10 jogos que contarão com o VAR, todos na fase de mata-mata (semifinal e final). Em 2020, o árbitro de vídeo estará presente em 16 partidas, quando abrigará também os dois clássicos da Taça Guanabara e os quatro da Taça Rio.

A federação carioca terá um custo de R$ 280 mil (R$ 28 mil por jogo) com a tecnologia. No ano seguinte há uma redução para R$ 250 mil.

A Hawk-Eye também foi contratada pela federação paulista para seu respectivo estadual. A empresa foi a mesma que forneceu o serviço para a Copa do Mundo da Rússia.

Futebol