PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cruzeiro terá ajuda de patrocinador e vai parcelar compra de Rodriguinho

Meia já está acertado verbalmente com o Cruzeiro, que prepara o anúncio da contratação - Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Meia já está acertado verbalmente com o Cruzeiro, que prepara o anúncio da contratação Imagem: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

15/01/2019 15h20

Faltando apenas detalhes para anunciar o meia Rodriguinho, o Cruzeiro já passou as garantias bancárias para efetivar a compra do jogador junto ao Pyramids. Para trazer o meia para Belo Horizonte, o clube contará com a participação de um investidor para honrar os compromissos. Além disso, a compra será parcelada, sendo uma fatia a ser paga imediatamente.

Sem a Caixa Econômica Federal, o Cruzeiro passou os últimos meses negociando algumas parcerias para a nova temporada, sendo a principal delas para o lugar mais valorizado de sua camisa. O nome do futuro patrocinador ainda é tratado com sigilo, mas ele deverá ser anunciado em breve, e terá papel importante em relação a Rodriguinho. Segundo informado o Globoesporte.com e confirmado pelo UOL Esporte, o novo parceiro vai ajudar a diretoria a arcar com os custos da aquisição.

Leia mais sobre a negociação:
- Cruzeiro resolve detalhes por Rodriguinho e prepara anúncio do meia
- Após acerto verbal com Rodriguinho, Cruzeiro terá que desembolsar R$ 22 mi
- Por Cruzeiro, Rodriguinho rejeitou interesse árabe

Rodriguinho foi contratado pelo Pyramids no meio de 2018, custando 6 milhões de dólares ao Corinthians, R$ 22,2 milhões na atual cotação. Para vender o jogador, os egípcios pediram pelo menos o mesmo montante. Além disso, a Raposa também se acertou com o Corinthians, que teria uma parcela a ser recebida pela transferência, mas que abriu mão em troca do empréstimo do zagueiro Manoel.

Meia Rodriguinho - Rodrigo Coca/Ag. Corinthians  - Rodrigo Coca/Ag. Corinthians
Imagem: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Segundo informou o Blog do Perrone, o Cruzeiro não foi o único interessado em levar Rodriguinho. Além de outra equipe brasileira, um clube árabe também esboçou o desejo de ficar com o atleta. O nome dos times foram mantidos em sigilo, porém, Rodriguinho gostou do que ouviu do Cruzeiro e não abriu mão de jogar em Belo Horizonte, onde já morou quando defendia as cores do América-MG, há pouco mais de cinco anos.

Rodriguinho nasceu em Natal, no Rio Grande do Norte, e foi revelado pelo ABC. Do Bragantino, o jogador foi comprado pelo América-MG, onde começou a despontar para o futebol nacional. Em 2013, foi adquirido pelo Corinthians, onde foi emprestado duas vezes (para o Grêmio e Al-Sharjah, dos Emirados Árabes Unidos) antes de retornar e viver seu auge da carreira, conquistando dois títulos do Brasileiro, em 2015 e 2017, além de dois estaduais. A boa fase rendeu convocações para a Seleção de Tite e, em julho do ano passado, o jogador acabou negociado para o Pyramids.

Futebol